1 milhão de vagas de empregos devem ser abertas na área de sustentabilidade até 2027, aponta pesquisa do Fórum Econômico Mundial

1 milhão de vagas de empregos devem ser abertas na área de sustentabilidade até 2027, aponta pesquisa do Fórum Econômico Mundial / Foto: Akil Mazumder / Pexels
Foto: Akil Mazumder / Pexels

Levantamento “Futuro do Trabalho” demonstra que a área de sustentabilidade corporativa possui uma demanda urgente de profissionais com habilidades em ESG para desenvolver os pilares ambientais nas empresas até 2027

O mercado mundial de empregos “sustentáveis” está aquecido. Segundo dados da pesquisa Futuro do Trabalho, divulgada pelo Fórum Econômico Mundial, cerca de 1 milhão de vagas de empregos na área de sustentabilidade corporativa devem ser criadas em todo o mundo até 2027. Empresas estão à procura de profissionais com conhecimento e habilidades para atuarem na implementação da agenda ESG dentro dos escritórios e fábricas, fazendo a “green transition”, ou transição verde dos negócios.

De acordo com Astrid Vieira, especialista em recolocação profissional e fundadora da Leaders HR, a demanda do mercado é urgente. “O setor de RH tem sido cada vez mais procurado para encontrar candidatos para vagas cuja atuação é na área da sustentabilidade. O mercado ‘do futuro’, tem se tornado do presente, e essa demanda, por ser crescente e urgente, faz com que o fator financeiro, como a proposta salarial, também seja favorável ao candidato, já que a oferta é pequena em relação à demanda”.

Para Astrid Vieira, profissionais que desejam entrar na área da sustentabilidade devem se capacitar o quanto antes para atender a demanda das vagas. “Os requisitos para os postos de trabalho sustentáveis são extensos. Em geral, é preciso que o candidato tenha cursos na área ESG, que em português significa ‘ambiental, social e governança’, para que ele consiga atuar com o que chamamos de ‘sustentabilidade corporativa’, ou seja, implementar melhores práticas empresariais na esfera ambiental, social e, também, no tipo de relacionamento que as empresas têm tido com o meio ambiente”. Astrid completa dizendo que a questão administrativa também é importante, pois “existe uma demanda de relacionamento também dentro das empresas, que tem o objetivo de tornar a estrutura de trabalho mais segura, inclusiva e assertiva para todos”, acrescenta.

Ainda de acordo com o estudo do Fórum Econômico Mundial, as tendências sobre as transformações do mercado nos próximos anos se concentram, em sua maioria, nas áreas de investimentos para facilitar a ‘transição verde’ dos negócios, na ampla implementação das diretrizes ambientais pautadas pelo ESG, nos investimentos para adaptação das operações de mercado baseados nas mudanças climáticas. A pesquisa também cita como tendência o comportamento dos consumidores, que estão se tornando cada vez mais ativos com relação às questões sociais.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior
Lançamento de Tom Brady “quebra” cubo da Arena XP na Faria Lima
Lançamento de Tom Brady “quebra” cubo da Arena XP na Faria Lima / Foto: Divulgação

Lançamento de Tom Brady “quebra” cubo da Arena XP na Faria Lima

Ação marca anúncio da vinda do astro do Super Bowl ao Brasil, em setembro, para

Próximo
O2OBots vence Desafio de Inteligência Artificial do Torq, núcleo de inovação aberta para o mercado financeiro
O2OBots vence Desafio de Inteligência Artificial do Torq, núcleo de inovação aberta para o mercado financeiro / Foto: Divulgação

O2OBots vence Desafio de Inteligência Artificial do Torq, núcleo de inovação aberta para o mercado financeiro

Solução escolhida permite que consórcios sejam oferecidos por meio de

Veja também