Agrotools concretiza internacionalização e anuncia diretor de operações na América do Norte

Rafael Quintella, Diretor Geral da Agrotools na América do Norte / Divulgação
Rafael Quintella, Diretor Geral da Agrotools na América do Norte / Divulgação

Rafael Quintella ficará responsável pela operação da Agtech no exterior

Com o objetivo de concretizar o movimento de internacionalização da empresa, a Agrotools, líder em tecnologia e inteligência para o agronegócio, anuncia Rafael Quintella como diretor de geral da Agrotools na América do Norte, estratégia que marca a entrada oficial da bigtech nos Estados Unidos. O executivo terá como desafios iniciais a formalização da empresa para atuação no país, além de ser responsável pela agenda comercial para prospecção de novos clientes.

Com uma trajetória de mais de 20 anos marcada pela expansão de negócios em novos mercados, o profissional atua há 15 anos no mercado internacional, especialmente em Estados Unidos e Portugal, trabalhando em empresas de grandes fundos de investimentos, como Coty (NYSE: COTY), Restaurant Brands International (NYSE: QSR) e EY. O executivo possui MBA pela New York University Stern School of Business.

“A internacionalização é um tópico que sempre esteve no radar da Agrotools e, com o crescimento dos últimos anos, estamos prontos para concretizar a nossa entrada no mercado de agronegócio norte americano. Acreditamos que essa iniciativa poderá ser um divisor de águas na história da Agrotools”, explica Rafael Quintella, diretor geral da Agrotools na América do Norte.

Agrotools lidera a entrada de agtechs no mercado norte-americano

Com mais de 15 anos de atuação, com grandes clientes no portfólio, a Agrotools é uma das pioneiras a desbravar o mercado americano. A agtech utiliza big data para ajudar as empresas tomarem decisões mais inteligentes, levando a um aumento da sustentabilidade e rentabilidade. Como a maior plataforma do segmento, a empresa tem um modelo de negócio sólido e rentável com quase 300 colaboradores se diferenciando de outras startups que ainda estão em busca de maturidade.

“O mercado americano é muito complexo assim como o Brasileiro. Acreditamos que nosso track record de mais de 15 anos no Brasil com grandes empresas nos torna competitivos para brigar no mercado Norte Americano que ainda é muito fragmentado”, afirma Quintella.

A expectativa é bem fundamentada, já que, em 2022, a Agrotools apresentou crescimento de 84%. Atualmente, a bigtech analisa mais de 4,5 milhões de territórios rurais e monitora R$15 bilhões em commodities. Além disso, são mais de R$50 bilhões em carteira de financiamento rural que contam com o suporte de ao menos uma das soluções da empresa, compondo cerca de R$100 bilhões em operações do agronegócio monitoradas.

Para o futuro, a companhia não descarta a possibilidade de fazer aquisições de empresas complementares nos Estados Unidos. “O mercado de Agtech nos EUA é muito fragmentado e acredito que muitas empresas não vão sobreviver à escassez de liquidez que estamos vivendo. Por isso, estamos considerando fazer aquisições ou parcerias estratégicas”, complementa Sergio Rocha, CEO da Agrotools.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prev
8 livros para melhorar a comunicação do seu negócio
8 livros para melhorar a comunicação do seu negócio / Foto: Christin Hume / Unsplash Images

8 livros para melhorar a comunicação do seu negócio

Confira as indicações para otimizar os processos responsáveis por atrair,

Next
Seguros Unimed lança ferramenta para renovação mais rápida de seguro de Responsabilidade Civil
Seguros Unimed lança ferramenta para renovação mais rápida de seguro de Responsabilidade Civil / Foto: Freestocks / Unsplash Images

Seguros Unimed lança ferramenta para renovação mais rápida de seguro de Responsabilidade Civil

Disponível no Portal do Corretor, os parceiros poderão renovar apólices

You May Also Like