Após reajuste nas refinarias, preço do diesel fica 0,81% mais caro nos postos do País, aponta Ticket Log

Douglas Pina, Diretor-Geral de Mobilidade da Edenred Brasil / Foto: Divulgação
Douglas Pina, Diretor-Geral de Mobilidade da Edenred Brasil / Foto: Divulgação

Litro do combustível alcançou R$ 6,20 no último 24 de outubro

Dados do Índice de Preços Edenred Ticket Log (IPTL), levantamento que consolida o comportamento de preços das transações nos postos de combustível, trazendo uma média precisa, apontaram que, após o reajuste de 6,6% no valor do diesel repassado às refinarias, válido desde o último dia 21 de outubro, o preço médio nacional do litro do combustível foi comercializado nos postos a R$ 6,20 no dia 24 de outubro, um aumento de 0,81% ante o dia 20, data anterior à mudança, e de 1,97% quando comparado ao dia 17 de outubro.

Já o diesel S-10, fechou no dia 24 à média de R$ 6,39 nas bombas de abastecimento do País, com um acréscimo de 1,43% em relação ao dia 20 de outubro, e de 1,27%, ante o dia 17 do mesmo mês. “O conflito no Oriente Médio tem causado aumento na cotação do petróleo no mercado internacional, mas no caso do Brasil, a reoneração de parte da alíquota do PIS/Cofins também é um fator que tem impactado no preço do combustível há alguns meses”, avalia Douglas Pina, Diretor-Geral de Mobilidade da Edenred Brasil.

O IPTL é um índice de preços de combustíveis levantado com base nos abastecimentos realizados nos 21 mil postos credenciados da Edenred Ticket Log, com uma robusta estrutura de data science que consolida o comportamento de preços das transações nos postos, trazendo uma média precisa, que tem grande confiabilidade, por causa da quantidade de veículos administrados pela marca: mais de 1 milhão, com uma média de oito transações por segundo. A Edenred Ticket Log, marca da linha de negócios de Mobilidade da Edenred Brasil, conta com mais de 30 anos de experiência e se adapta às necessidades dos clientes, oferecendo soluções modernas e inovadoras, a fim de simplificar os processos diários.

 

Sobre a Edenred Mobilidade

A Edenred é líder em soluções de mobilidade na América Latina, representada no Brasil pelas marcas Edenred Ticket Log e Edenred Repom. Possui mais de 30 anos de experiência no País e conecta pessoas e negócios a uma mobilidade mais eficiente e sustentável. Conta com mais de 33 mil empresas clientes e uma frota gerenciada de 1 milhão de veículos, que abastecem quase 2,5 bilhões de litros de combustível por ano. Apenas em gestão de frete e vale-pedágio, possui mais de 3 mil empresas clientes, 1 milhão de caminhoneiros atendidos que correspondem a 8 milhões de transações anuais, em uma rede de 1.700 postos credenciados e 100% das praças de pedágio em todo o Brasil.

Juntas, desenvolvem e disponibilizam para o mercado o Índice de Preços Edenred Ticket Log (IPTL), com uma análise nacional sobre a variação do preço dos combustíveis, e o Índice de Frete Edenred Repom (IFR), um estudo sobre o preço médio do frete e sua composição.

No mundo, a Edenred é a plataforma digital líder para serviços e meios de pagamento, que atua como a companhia diária para pessoas no trabalho, conectando 60 milhões de usuários e 2 milhões de comerciantes parceiros, em 45 países, por meio de aproximadamente 1 milhão de empresas-clientes.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior
Carteira investimentos da Prevcom rende 0,58% em setembro
Carteira investimentos da Prevcom rende 0,58% em setembro / Foto: Sasun Bughdaryan / Unsplash Images

Carteira investimentos da Prevcom rende 0,58% em setembro

Entidade fechou o mês com patrimônio total de R$ 3,01 bilhões e 49,4 mil

Próximo
Locação de salas e conjuntos comerciais cresce 80% em SP, com desconto médio de 9% sobre os valores anunciados
Locação de salas e conjuntos comerciais cresce 80% em SP, com desconto médio de 9% sobre os valores anunciados / Foto: Campaign Creators / Unsplash Images

Locação de salas e conjuntos comerciais cresce 80% em SP, com desconto médio de 9% sobre os valores anunciados

Segundo balanço da Lello, setor de locação comercial cresceu 16% de janeiro a

Veja também