Bicentenário da Independência: obra coordenada pelo ministro Humberto Martins será lançada em agosto

Universo do Seguro

O Espaço Cultural STJ vai promover no dia 23 de agosto, das 19h às 21h, o lançamento do livro O Poder Judiciário e o Direito na Atualidade: estudos em homenagem aos 200 anos de independência do Brasil.

Coordenada e escrita em coautoria pelo presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e do Conselho da Justiça Federal (CJF), ministro Humberto Martins, com o apoio da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), a obra propõe uma reflexão sobre a trajetória do Sistema de Justiça brasileiro ao longo dos últimos 200 anos. O prefácio é do juiz Eduardo André Brandão de Brito Fernandes.

Publicado pela Editora Thoth, o livro é composto de artigos escritos por professores, juristas e magistrados – entre eles, ministros do STJ e de outros tribunais superiores – que se dedicaram a fazer uma análise histórica sobre o bicentenário da Independência, com destaque para a estruturação do Judiciário no Brasil.

Segundo o presidente do STJ, celebrar o bicentenário da Independência é rememorar a evolução de nossas instituições políticas, avaliar as transformações e ressaltar as lutas e os progressos no desenvolvimento dos direitos civis e políticos ao longo desse período.

"Trata-se de obra indispensável a todos os interessados e tem, verdadeiramente, um valor histórico inestimável, pois é fruto do trabalho de autores que conseguem reunir a condição de profundos conhecedores da história e do direito, garantindo, assim, a união da precisão e da profundidade dogmática com a clareza na exposição, que caracterizam as grandes obras jurídicas", destaca o ministro Humberto Martins na apresentação do livro.

Além de tratar da grande reformulação institucional do Poder Judiciário após a Independência, a coletânea traz análises sobre institutos específicos do direito brasileiro; estudos sobre os desafios institucionais e sociais do Judiciário; e artigos sobre o papel da advocacia e da Ordem dos Advogados do Brasil na atualidade.

Exigência de máscara de proteção facial e de comprovante de vacinação

O acesso e a permanência nas dependências do STJ estão condicionados à utilização de máscara de proteção facial que cubra o nariz e a boca e à apresentação do comprovante de vacinação contra a Covid-19, físico ou digital (ConecteSUS), conforme disposto na Resolução STJ/GP 9/2022.

Lançamento do livro O Poder Judiciário e o Direito na Atualidade: estudos em homenagem aos 200 anos de independência do Brasil

Data: 23 de agosto de 2022, das 19h às 21h.

Local: Espaço Cultural do STJ (mezanino do Edifício dos Plenários, 2º andar). O endereço do Superior Tribunal de Justiça é SAFS, Quadra 6, Lote 1, Trecho III, Brasília-DF.

Para informações adicionais: (61) 3319-8521.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prev
Candidato declarado inapto na avaliação médica de concurso público poderá fazer teste de aptidão física
Universo do Seguro

Candidato declarado inapto na avaliação médica de concurso público poderá fazer teste de aptidão física

O vice-presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Jorge Mussi,

Next
Projeto prevê desconto na tarifa de transmissão para quem mora perto de hidrelétrica

Projeto prevê desconto na tarifa de transmissão para quem mora perto de hidrelétrica

Michel Jesus/Câmara dos Deputados Celso Sabino: " Projeto visa amenizar o

You May Also Like