Grupo Bradesco Seguros

Câmara entrega Prêmio Brasil Mais Inclusão de 2022 nesta quarta-feira

J.Batista
Foto do Plenário da Câmara coberto com lona preta enquanto operários trabalham na reforma
Em 2014, o Plenário passou por obras para receber pessoas com dificuldades de locomoção

A Câmara dos Deputados entrega nesta quarta-feira (30) o Prêmio Brasil Mais Inclusão de 2022. O diploma de menção honrosa é concedido anualmente a empresas públicas ou privadas, entes federados (União, estados e municípios) e personalidades que tenham realizado trabalhos ou ações que mereçam especial destaque na inclusão de pessoas com deficiência.

A cerimônia de entrega dos diplomas está marcada para as 10 horas no Salão Nobre.

Confira os vencedores em cada categoria:

Mérito Darci Barbosa – concedido a personalidades e entes federados

– Antônio Cláudio Lucas da Nóbrega (RJ)
– Joel Lídio Faustino (MS)
– Leandro de Andrade Carvalho (AL)
– Secretaria Municipal de Educação de Porto Velho (RO)
– Wolf Vel Kos Trambuch (SP)

Mérito João Ribas – concedido a empresas públicas ou privadas, organizações não governamentais e organizações da sociedade civil de interesse público

– Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Porto Nacional (TO)
– Associação Nacional de Equoterapia (DF)
– Confederação Brasileira de Desportos de Surdos (MG)
– Novo Ser – Acessibilidade Plena e Inclusão Social (RJ)
– Vila São José Bento Cottolengo (GO)

As indicações para o prêmio são feitas por deputados e senadores. Na categoria Mérito João Ribas, as normas da premiação também permitem a autoindicação. A escolha dos vencedores é feita por um conselho deliberativo composto por integrantes da Mesa Diretora (Segunda e Terceira-Secretarias), titulares da Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência e um representante de cada partido político com assento na Câmara. Os escolhidos recem um diploma de menção honrosa concedido pelo Mesa Diretora da Câmara.

Para mais informações, acesse a página do Prêmio Brasil Mais Inclusão.

Inclusão na Câmara
A inclusão da pessoa com deficiência é política permanente da Câmara. Em 2019, a Casa adaptou sua estrutura para atender às necessidades de acessibilidade do primeiro deputado cego da história do País, Felipe Rigoni (PSB-ES).

Em 2015, a Casa aprovou o Estatuto da Pessoa com Deficiência. Também foram criadas a Comissão Permanente sobre Direitos das Pessoas com Deficiência e a Coordenação de Acessibilidade.

Em 2014, o Plenário da Câmara dos Deputados recebeu adaptações para facilitar a movimentação de pessoas com dificuldades de locomoção. A Casa também oferece rampas, elevadores adaptados e triciclos motorizados nas portarias.

Além disso, a transmissão da TV Câmara tem a janelinha da Língua Brasileira de Sinais (Libras) e legendas em tempo real, o portal da Câmara está adaptado para pessoas com deficiência visual e, nos plenários das comissões, a tecnologia assistiva de aro magnético leva o áudio diretamente aos aparelhos auditivos de surdos oralizados, facilitando a compreensão das falas dos interlocutores.

Artigo Original: Agência Câmara Notícias

Total
0
Shares
Anterior
Comissão aprova projeto que prevê encaminhamento das gestantes em risco para unidades especializadas

Comissão aprova projeto que prevê encaminhamento das gestantes em risco para unidades especializadas

Gustavo Sales/Câmara dos Deputados Elcione Barbalho recomendou a aprovação do

Próximo
Comissão do Esporte debate realidade de profissionais de educação física

Comissão do Esporte debate realidade de profissionais de educação física

André Santos/Prefeitura de Uberaba-MG Audiência também vai homenagear Dia do

Veja também