CCS-RJ realiza almoço em homenagem a Roberto Santos, CEO da Porto

Da esquerda para direita: Luiz Mário Rutowitsh, ex-presidente do CCS-RJ; Marco Aurélio Marques, diretor do CCS-RJ; Fátima Monteiro, presidente do CCS-RJ; Jayme Torre, diretor da AECOR-RJ; Roberto Santos, CEO da Porto; Dayse Magesti, diretora do CCS-RJ e Fabio Izoton, ex-presidente do CCS-RJ / Foto: Divulgação
Da esquerda para direita: Luiz Mário Rutowitsh, ex-presidente do CCS-RJ; Marco Aurélio Marques, diretor do CCS-RJ; Fátima Monteiro, presidente do CCS-RJ; Jayme Torre, diretor da AECOR-RJ; Roberto Santos, CEO da Porto; Dayse Magesti, diretora do CCS-RJ e Fabio Izoton, ex-presidente do CCS-RJ / Foto: Divulgação

Evento reuniu associados, ex-presidentes e a atual diretoria do Clube

Em almoço no Iate Clube do Rio de Janeiro, no dia 27 de setembro, o Clube de Corretores de Seguros do Rio de Janeiro (CCS-RJ) prestou sua homenagem a Roberto Santos, CEO da Porto, e uma referência do mercado de seguros. ”Sabemos que a partir do dia 2 de janeiro de 2024, ele irá se afastar da vida executiva. Deixará o cargo de CEO e passará a fazer parte do Conselho de Administração da Porto. O CCS-RJ tinha obrigação de fazer esta homenagem a um homem que renovou com alma e amor o mercado de seguros, pois suas ações sempre foram justas e focadas no ser humano”, enfatiza Fátima Monteiro, presidente do CCS-RJ.

Em conversa informal durante o almoço, Roberto Santos falou sobre a sua trajetória, citando a teoria dos Setênios, um estudo do filósofo Rudolf Steiner que mostra que há cada sete anos ocorre uma renovação de ciclos na nossa vida. “Quando tomei contato com essa teoria, olhei para a minha vida e todos os grandes movimentos aconteceram em ciclo de sete anos. Eu completo sete anos a frente da companhia em 2024 e 21 anos trabalhando na Porto. Também em 2024 faço 63 anos e se vou para o Conselho, pelo estatuto eu fico até os 70 anos. São mais sete anos E foi fazendo essa análise, que decidi deixar a vida executiva no próximo dia 2 de janeiro”, falou Roberto Santos. Além do Conselho de Administração da Porto, Roberto participará ainda de dois comitês da empresa e continuará presidindo o Conselho Diretor da CNseg. Contou que no restante do tempo,  planeja dedicar as manhãs para fazer esporte e durante à tarde vai escrever um livro sobre a sua história profissional.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior
Conheça a Geração Z e seus comportamentos de consumo
Foto: Anna Shvets/ Pexels

Conheça a Geração Z e seus comportamentos de consumo

É essencial que as empresas estejam atentas e  adaptem suas estratégias de

Próximo
Pottencial Seguradora pretende ampliar investimentos em cultura, diz diretora Gabriela Mattar
Gabriela Mattar, diretora da Pottencial Seguradora / Foto: Divulgação

Pottencial Seguradora pretende ampliar investimentos em cultura, diz diretora Gabriela Mattar

Patrocinadora da Bienal SP, empresa acredita no poder transformador que a área

Veja também