Cielo atinge recorde de entrega de máquinas no ato do credenciamento

Cielo atinge recorde de entrega de máquinas no ato do credenciamento / Foto: Dragana Gordic / Freepik
Foto: Dragana Gordic / Freepik

Na modalidade em que os colaboradores atuam diretamente com os estabelecimentos comerciais, o patamar chegou a 86%. O número é resultado de uma mudança de estratégia da logística

Receber uma maquininha de pagamento e dar início às vendas é mais que um desejo de milhares de varejistas. Trata-se de um requisito fundamental para manter e impulsionar seus negócios. Em 2022, o número destes equipamentos no Varejo brasileiro cresceu 18,3% em relação a 2021, de acordo com o Banco Central. Atenta a essa necessidade, a Cielo implementou um novo projeto operacional e de logística, chamado Instala Direto, que já trouxe resultados: na modalidade em que os colaboradores atuam presencialmente nos estabelecimentos comerciais, 86% das máquinas são entregues no ato do credenciamento ante 22% há 18 meses.

Antes do Instala Direto, a equipe logística era acionada logo após o credenciamento do estabelecimento com a Cielo. Na sequência, a máquina era encaminhada para o varejista, processo que levava horas ou alguns dias a depender da distância dos locais de distribuição.

Com a adoção do projeto em janeiro de 2022, a Cielo mudou o sistema para acelerar as entregas. A companhia, então, passou a encaminhar as máquinas para líderes estaduais, que faziam a coleta dos equipamentos e os distribuía aos gerentes de negócios, profissionais responsáveis por manter contato direto com os varejistas e realizar o credenciamento. Dessa forma, o gerente já se apresentava ao estabelecimento com a possibilidade de realizar a instalação do equipamento na mesma hora.

Nos últimos meses, o modelo passou por um aperfeiçoamento, e assim eliminou uma das etapas logísticas. Agora, a Cielo recebe do gerente o pedido de maquininhas — feito a partir de sua rotina de visitas e expectativa de credenciamentos — e as encaminha para sua casa. O processo é idêntico ao de uma compra por e-commerce e funciona graças a um modelo que depende do centro logístico da companhia, localizado em Embu das Artes (SP). Lá existe uma área responsável por armazenar, preparar e enviar de forma customizada os equipamentos para os gerentes. Diariamente são enviadas cerca de mil maquininhas.

“Na maioria das vezes, o cliente não pode esperar pela maquininha. Precisa dela para começar a vender e girar seu negócio. Já para o gerente, ter o produto na mão na hora de conversar com um lojista faz toda a diferença para apresentar as funcionalidades do equipamento no mesmo instante. Isso reforça o compromisso da Cielo de garantir a melhor experiência tanto para nosso time quanto para o cliente final, que tem uma jornada mais personalizada e ágil”, diz Paulo Naliato, vice-presidente comercial da companhia.

Ele explica que o avanço é parte de um processo maior que a Cielo empreendeu para transformar a relação e com o consumidor. “Recentemente, integramos os processos logísticos e de atendimento em uma mesma área para facilitar a tomada de decisões. A medida foi tomada com base no objetivo da Cielo de colocar o cliente no centro das decisões e, desta forma, cada vez mais simplificar e impulsionar negócios pelo país”, finaliza Naliato.

A estratégia tem rendido maior satisfação aos clientes. Pesquisa realizada recentemente mostra que 75% dos atendimentos da Cielo são considerados “excelentes” pelos clientes e a entrega dos equipamentos no ato do credenciamento é um dos quesitos tratados pelo levantamento.

Manutenção de maquininhas

Outra frente em que a Cielo avançou nos últimos meses foi na manutenção de maquininhas. Isso ocorre graças ao uso de dados preditivos. A Cielo monitora como está a saúde da bateria para identificar possíveis problemas na máquina e consegue se antecipar para trocas e manutenções. Quando o cliente solicita a substituição do seu terminal, a companhia atende o chamado em até 6 horas nas capitais e regiões metropolitanas.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior
MPEs recuperam fôlego e buscam mais crédito em agosto, indica Serasa Experian
Por que a gestão de riscos é importante em uma corretora de seguros? / Foto: Freepik

MPEs recuperam fôlego e buscam mais crédito em agosto, indica Serasa Experian

Variação anual mostrou que, no geral, a alta das empresas brasileiras foi de

Próximo
Nubank compra dezenas de URLs que poderiam ser usadas para golpes e as direciona para portal de segurança
Nubank compra dezenas de URLs que poderiam ser usadas para golpes e as direciona para portal de segurança / Foto: Divulgação

Nubank compra dezenas de URLs que poderiam ser usadas para golpes e as direciona para portal de segurança

Iniciativa faz parte da campanha #PareceMasNãoÉoNubank, cujo objetivo é alertar

Veja também