Com aumento de roubo de cargas no país, startup líder em inovações para impedir crimes nas estradas quer encerrar 2023 com faturamento de R$67 milhões

Com aumento de roubo de cargas no país, startup líder em inovações para impedir crimes nas estradas quer encerrar 2023 com faturamento de R$67 milhões/ Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A ideia de criar a T4S surgiu após os empresários Enrico Rebuzzi e Luiz Henrique Nascimento sentiram na pele o que era sofrer com os prejuízos de roubo de cargas, pois antes de fundar a startup, eles tinham uma empresa de logística em 2003

Segundo os dados divulgados pelo documento “Brasil: Relatório Trimestral de Roubo de Carga”, feito pelo Centro de Inteligência da Overhaul, o Brasil registrou 17.230 roubos de mercadorias transportadas entre janeiro e julho de 2023. No comparativo com o mesmo período de 2022, o número representa um crescimento de 5,5%. São Paulo está no topo do ranking dos estados com maior número de roubos.

Sendo assim, empresas especializadas em inovações contra o roubo de cargas estão investindo em novas estratégias para tentar frear esse tipo de crime, como é o caso da startup T4S Tecnologia, empresa com sede em Alphaville.

A ideia de criar a empresa surgiu após os empresários Enrico Rebuzzi e Luiz Henrique Nascimento sentiram na pele o que era sofrer com os prejuízos de roubo de cargas, pois antes de fundar a T4S, eles tinham uma empresa de logística em 2003, a Direct Express/Directlog, maior operador logístico de e-commerce no Brasil, e passavam por essa situação direto.

Sendo assim, em 2017, a T4S deu início às operações.

Hoje a T4S possui diferentes serviços diferenciados voltados para a segurança nas estradas, como é o caso da Blindagem Elétrica, que no caso de tentativa de roubo da carga com rompimento ou perfuração do baú, o criminoso recebe um choque de alto impacto de 20 mil volts, porém não letal.

A empresa também decidiu apostar na Inteligência Artificial como uma aliada no combate ao crime nas estradas e lançou esse ano o serviço batizado de Anjos da Carga, que conta com câmeras de 360 graus que ficam no topo do caminhão com transmissão online em tempo real das imagens do caminhão.

As câmeras com inteligência artificial conseguem detectar armas, pessoas através do reconhecimento facial, movimentos suspeitos, imagens violadas e leitura automática de placas de veículos que estiverem circulando próximo ao furgão ou caminhão protegido com o Anjos da Carga, o que permite o sistema de alertas automáticos com recurso de imagens.

A T4S possui atualmente em seu portfólio diversos clientes, como por exemplo, a P&G, FedEx, Amazon, Loggi, Ambev e Gazin, além de patentes em países como México, Rússia e Estados Unidos. Só no ano passado, o faturamento da empresa foi de R$44,6 milhões e a expectativa até o momento é encerrar o ano de 2023 com faturamento de R$ 67 milhões.

Com aumento de roubo de cargas no país, startup líder em inovações para impedir crimes nas estradas quer encerrar 2023 com faturamento de R$67 milhões/ Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior
Sicoob UniCentro Br celebra resultado financeiro de R$ 7 bilhões em ativos e de R$ 1 bilhão em sobras
Sicoob UniCentro Br celebra resultado financeiro de R$ 7 bilhões em ativos e de R$ 1 bilhão em sobras/ Foto: Unsplash

Sicoob UniCentro Br celebra resultado financeiro de R$ 7 bilhões em ativos e de R$ 1 bilhão em sobras

Cooperativa financeira, que está entre as dez maiores do Brasil, anuncia números

Próximo
Prevenir crimes financeiros é um desafio para 2024
Prevenir crimes financeiros é um desafio para 2024/ Foto: Pixabay

Prevenir crimes financeiros é um desafio para 2024

O Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) e a Federação Brasileira

Veja também