Comissão aprova projeto que permite abater do IR gastos com remédios para quem ganha até R$ 3,6 mil

Paulo Sérgio/Câmara dos Deputados
Deputado Miguel Lombardi discursa no Plenário da Câmara. Ele é branco tem o cabelo escuro, usa óculos e um terno escuro e segura um celulari
Deputado Miguel Lombardi sugeriu a aprovação do projeto

A Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 585/22, que permite a dedução, da base de cálculo do Imposto de Renda (IR) das pessoas físicas, dos pagamentos com as compras de medicamentos feitas por contribuintes com rendimentos mensais de até R$ 3.636,00 relativas ao próprio tratamento e ao de seus dependentes.

A proposta, do deputado Luiz Antônio Corrêa (PP-RJ), altera a legislação do IR das pessoas físicas (Lei 9.250/95). A legislação atual permite a dedução de gastos com a aquisição de remédios apenas quando incluídos em contas de hospitais.

“Trata-se, a nosso ver, de uma incoerência legislativa, a qual causa impacto desproporcional sobre os grupos sociais que comprometem uma parcela mais significativa do seu orçamento com esses bens, como é o caso das pessoas com menor poder aquisitivo e dos idosos, em especial aqueles que dependem da aposentadoria ou pensão para o seu sustento”, avalia o deputado Miguel Lombardi (PL-SP), relator do projeto. O parecer dele foi favorável à medida.

O projeto também permite a dedução das aquisições de medicamentos, fraldas, absorventes geriátricos e outros produtos necessários para cuidados diários, para uso próprio, feitas por aposentados e pensionistas com idade igual ou superior a 60 anos.

Tramitação
A proposta será analisada em caráter conclusivo pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Artigo Original: Agência Câmara Notícias

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prev
Comissão aprova projeto que muda regras para ação sobre responsabilidade em falência de empresa

Comissão aprova projeto que muda regras para ação sobre responsabilidade em falência de empresa

Paulo Sergio/Câmara dos Deputados Augusto Coutinho recomendou a aprovação do

Next
Comissão aprova projeto que altera prazo para adesão de microempresa ao Simples Nacional

Comissão aprova projeto que altera prazo para adesão de microempresa ao Simples Nacional

Billy Boss/Câmara dos Deputados Júlio Cesar recomendou a aprovação do projeto,

You May Also Like