Confira os 5 erros mais comuns ao contratar seguros

Alerta vale para todo tipo de seguro incluindo residencial, automotivo e saúde/ Foto: Freepik
Alerta vale para todo tipo de seguro incluindo residencial, automotivo e saúde/ Foto: Freepik

Da falta de atualização até a contratação de planos inadequados: saibam como evitar problemas em momentos de adversidades e andamento do sinistro

Com a chegada do novo ano, muitos estão contratando ou renovando seguros. Para garantir uma proteção eficiente e tranquilidade em momentos de adversidade, a Alper Corretora de Seguros destaca os cinco erros mais comuns que podem comprometer sua segurança e causar dores de cabeça desnecessárias. Paulo Grillo, diretor de Seguros Pessoais da Alper, ressalta que a atenção aos detalhes e transparência são fundamentais na contratação de seguros. Isso assegura que o seguro cumpra efetivamente seu papel, muitas vezes agilizando os processos em momentos de necessidade.” O executivo lista algumas dicas:

1. Não ser transparente durante a contratação: O primeiro erro é a omissão de informações importantes. É crucial ser preciso nas respostas ao corretor, garantindo que a apólice se adeque às suas necessidades. Dados frequentemente omitidos incluem alterações no uso do imóvel segurado ou mudanças no perfil do motorista, em seguros de carro. Entre os dados mais omitidos estão condutores ou residentes entre 18 e 24 anos e local de guarda do veículo em casa e no trabalho, bem como se o veículo é usado para ir para escola/faculdade.

2. Falha na comparação de planos: Não comparar diferentes opções e as franquias existentes no mercado é abrir mão de preço e cobertura. Cada seguro possui suas particularidades, e a comparação minuciosa entre diferentes seguradoras e planos é essencial para garantir a escolha mais adequada. Ignorar essa etapa pode resultar em custos adicionais desnecessários, uma cobertura inadequada que às vezes é mais cara e até não necessária.

3. Falta de atualização de informações: Mudanças como novo endereço ou alteração no estado civil devem ser imediatamente informadas à seguradora. A falta de atualização pode comprometer a validade de certas coberturas.

4. Erro no pagamento: Um erro recorrente é não se atentar aos aspectos financeiros do seguro. Entre os descuidos mais comuns está a não garantia do saldo suficiente na conta corrente (em caso de débito automático ou cartão para o pagamento).

5. Coberturas inadequadas: Avalie cuidadosamente as necessidades e possibilidades antes de contratar coberturas. Evite supervalorização ou subvalorização dos bens segurados, optando por uma cobertura proporcional ao seu patrimônio.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior
Banco BV recebe reconhecimento no Encontro Anual da Endeavor Brasil
Jimmy Lui, Head de Inovação e Open Finance do banco BV/ Foto: Divulgação

Banco BV recebe reconhecimento no Encontro Anual da Endeavor Brasil

Instituição ficou com a primeira colocação na categoria Empresa Parceira do Ano

Próximo
BNDES integra plano de R$ 300 bilhões do Governo Federal para neoindustrialização
BNDES integra plano de R$ 300 bilhões do Governo Federal para neoindustrialização/ Foto: Unsplash

BNDES integra plano de R$ 300 bilhões do Governo Federal para neoindustrialização

Plano Mais Produção faz parte da nova política industrial do Governo Federal, a

Veja também