Quinzena do Seguro

“Conhecimento e tecnologia para facilitar a vida dos segurados”, defende Edilza Nunes, representante da Rainha Seguros na Filial Nordeste

Edilza Nunes, representante da Filial Fortaleza (CE) da Rainha Seguros / Foto: William Anthony / Universo do Seguro
Edilza Nunes, representante da Filial Fortaleza (CE) da Rainha Seguros / Foto: William Anthony / Universo do Seguro

Executiva conta com 30 anos de experiência e celebra parceria com Regina Lacerda, CEO da Rainha Seguros

Com três décadas de experiência no mercado de seguros, atuando tanto como executiva de seguradora, como corretora, Edilza Nunes é representante da Filial Fortaleza (CE) da Rainha Seguros. A empresa, liderada por Regina Lacerda, já é referência no Centro-Oeste do Brasil e – a partir da parceria com Edilza – pretende expandir ainda mais suas operações nas regiões Nordeste e Norte.

“Eu trabalho no mercado de seguros há mais de 30 anos, sou corretora habilitada e, no último ano, fizemos essa parceria com a Rainha Seguros, que é uma referência em todo o mercado segurador nacional”, compartilha Edilza Nunes.

O Nordeste é um mercado com muito potencial, dado seu potencial turístico, potencial industrial muito crescente – especialmente em Energias Renováveis – com muitos investidores internacionais apostando neste mercado. “Tudo cabe no seguro, tudo pode ser segurado e para tudo há um contrato de seguro. Vislumbramos este movimento porque já conhecermos a região – que tem potencial hoteleiro, calçadista e outros. A parte de serviços também tem crescido muito, pois grandes eventos são levados ao Nordeste como um todo”, completa a executiva.

Outro potencial é o mercado imobiliário. “Temos muitos condomínios de alto padrão ao redor de Fortaleza e região, cidades crescentes, cidades ecologicamente corretas. É um universo gigantesco a ser explorado, onde podemos entrar com o Seguro Condomínio, que é o carro-chefe da Rainha Seguros”, analisa Edilza ao citar a parte de Energia Renovável. “Até mesmo as placas solares são seguráveis e podem ser compradas via Consórcio. Com a realização de obras e eventos, por exemplo, vemos destaque para os Seguros de Responsabilidade Civil. Muitas empresas e investidores internacionais exigem a contratação de seguros para operar em território nacional”, acrescenta.

Edilza Nunes (representante da Filial Fortaleza), Regina Lacerda (CEO) e Madiane Cavalcante (executiva da Rainha Seguros) / Foto: William Anthony / Universo do Seguro
Edilza Nunes (representante da Filial Fortaleza), Regina Lacerda (CEO) e Madiane Cavalcante (executiva da Rainha Seguros) / Foto: William Anthony / Universo do Seguro

A importância da consultoria financeira

Edilza Nunes cita que em todos os tipos de soluções securitárias é fundamental realizar a consultoria financeira do cliente. “Hoje não apenas no consórcio (que é um produto financeiro em si), mas quando fazemos o Seguro de Vida nos preocupamos em fazer uma consultoria financeira, de fato. É preciso considerar e pensar a realidade da família do segurado para estruturar uma boa apólice de Vida. Até mesmo em empresas fazemos essa consultoria para garantir a continuidade das organizações, pensando, inclusive, na sucessão patrimonial”, revela.

“Os seguros são encantadores. Aprendemos todos os dias. Temos muito a crescer todos os dias”, projeta a representante da Filial Fortaleza da Rainha Seguros.

Trajetória

Conhecimento de mercado, tempo de experiência no ramo de seguros e a referência da Rainha Seguros – sem dúvidas – abrem portas, conforme conta Edilza à reportagem do Universo do Seguro. “O mercado de seguros é relacionamento. Para trilhar esse caminho é preciso muita dedicação, estudo e sempre estar se atualizando. 30 anos atrás, a proposta era na caneta, não tinha nem multicálculo… O digital não substitui o bom atendimento, a consultoria. A junção do conhecimento, da experiência com a tecnologia forma um conjunto que facilita para os clientes. É preciso se modernizar e apoiar o mercado”, comenta.

Balanço e novidades

A executiva demonstra que, neste primeiro ano de operação, o time de Fortaleza se dedicou às questões burocráticas e também aos segmentos de Consórcio e Seguros de Vida. “Decidimos, estrategicamente, investir no Consórcio por entendermos que cabe no atual momento da economia, pois temos taxas de juros muito altas. Este foi um ano positivo, para tornar a marca mais conhecida na região, o que foi conquistado com muito sucesso. Fizemos parcerias com grandes administradores de consórcio e estamos atuando com muita relevância no Seguro de Vida. Também queremos expandir ainda mais a nossa atuação nos Seguros Patrimoniais de todos os ramos e ampliar a atuação junto aos sindicatos e categorias profissionais”, justifica. “Estamos plantando as árvores e já estamos começando a colher os frutos”, diz Edilza.

Recado final

Edilza Nunes demonstra que é preciso possuir visão de futuro ao proteger o patrimônio familiar e empresarial. “A gente tem uma preocupação muito grande em construir um patrimônio, mas a grande maioria ainda não tem a cultura de proteger esse patrimônio. Conversem com um especialista em seguros, em proteção e veja o que existe a possibilidade de proteger tudo aquilo que se está construindo – o que inclui a vida, que é o nosso maior patrimônio”, cita. “O risco existe, mas é possível lidar melhor com ele para que não seja destruído tudo que você construiu para sua família. Seguro é muito necessário. Procurem pessoas especialistas. Existem bons profissionais no mercado e contar com a consultoria de um corretor de seguros faz toda a diferença”, finaliza.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prev
Projeto suspende nova regra para acesso a medicamentos do Farmácia Popular

Projeto suspende nova regra para acesso a medicamentos do Farmácia Popular

Billy Boss/Câmara dos Deputados Para Jandira, regra vai dificultar o acesso da

Next
Projeto veda contrato público com empresa acusada de assédio moral

Projeto veda contrato público com empresa acusada de assédio moral

Pablo Valadares/ Câmara dos Deputados Lopes: defesa da liberdade de consciência,

You May Also Like