Consórcio Rodobens registra novo recorde com mais de R$ 7 bilhões de vendas de créditos em 2023

Impulsionado pela sinergia, empresa superou R$ 16 bilhões de negócios gerados no fechamento do ano

A Rodobens anunciou a prévia dos resultados operacionais do quarto trimestre de 2023 com resultados que consolidam a ótima performance dos negócios. No acumulado do ano, a empresa apresentou R$ 16,2 bilhões em negócios gerados, com destaque para as áreas de Consórcio e Seguros, que registraram novos recordes de vendas no período.

A empresa superou R$ 7 bilhões em vendas de créditos em cotas de consórcio em 2023, um crescimento de 16,6% comparado ao ano anterior. No 4T23 foram R$ 2 bilhões gerados, uma alta de 27,1% no comparativo com o quarto trimestre de 2022. A área de Seguros cresceu 28,3% no ano, totalizando R$ 642 milhões de prêmios vendidos, e fechou o 4T23 com alta de 22,9% em relação ao 4T22, o que representa uma ordem de R$ 169 milhões.

Para Libano Barroso, CEO da Rodobens, a sinergia dos negócios da marca tem sido fundamental para o sucesso da empresa e demonstra a força de composição da carteira de crédito. “As realizações em 2023 refletem a conexão excepcional dos nossos negócios. Os recordes alcançados nos setores de Consórcio e Seguros contribuem para os resultados em ascensão no varejo automotivo, levando nossa empresa a atingir um impressionante volume de R$ 16,2 bilhões. Mantemos a convicção de que a sinergia é o alicerce de nosso sucesso e seguiremos em busca de soluções inovadoras, consolidando nossa posição como o parceiro ideal para os futuros passos de nossos clientes”, pontua.

O segmento de Serviços Financeiros gerou R$ 9,4 bilhões de negócios em 2023 (+9,3% vs 2022). A originação de empréstimos e financiamentos recuou em comparação a 2022, reflexo da mudança estratégica de distribuição dos produtos e priorização de canais próprios. O canal de Parceiros & Agentes Comissionados foi fundamental para a distribuição dos produtos financeiros e obteve resultados relevantes, com um aumento de 10,6%, ultrapassando os R$ 5,9 bilhões ao longo de 2023.

A Carteira de Crédito atingiu R$ 17,3 bilhões no 4T23, um crescimento de 6,7% em relação ao mesmo período de 2022. A Receita Futura Contratada no Consórcio e Seguro Prestamista se aproximou de R$ 3 bilhões, que correspondem a uma alta de 9,4% no comparativo com o quarto trimestre de 2022.

No Varejo Automotivo foram gerados R$ 6,8 bilhões de negócios (-19,2% vs 2022) no acumulado do ano e de R$ 2 bilhões no 4T23 (-22,9% vs 4T22). De acordo com Barroso, apesar dos desafios do mercado, a frente de Peças, Pneus e Serviços quebrou recordes, crescendo 10,5% (R$ 1,2 bilhão) no acumulado do ano e 9,5% (R$ 304 milhões) no 4T23.

As vendas de caminhões se recuperaram no último trimestre de 2023, com um crescimento de 49% em relação ao trimestre anterior, totalizando R$ 784 milhões. As vendas de automóveis, influenciadas pelas condições de mercado, também tiveram novo fôlego no período, atingindo R$ 889 milhões, marcando o melhor desempenho trimestral do ano. “Esse resultado já era esperado e reflete o movimento de equiparação tanto de produção como das vendas”, explica o CEO.

A Rodobens fechou 2023 com o Prêmio ECO, da Amcham, pelo projeto Conectados – Tecnologia ao Serviço do Seu Caminhão na Categoria Produtos e Serviços para Grandes Empresas, destacando o compromisso da Rodobens com práticas sustentáveis e inovação. “Concluímos o ano com êxitos e um firme compromisso de tornar 2024 um período repleto de novas oportunidades e conquistas inéditas. Colocando sempre a Rodobens no rumo das soluções inovadoras, nos posicionamos como parceiros essenciais no próximo passo de nossos clientes, mantendo-os constantemente no centro de todas as nossas iniciativas”, finaliza Barroso.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior
CNseg propõe uso de experiência brasileira para fortalecimento de mercado de seguros global
Coface prevê ritmo de crescimento mais lento da economia global em 2024

CNseg propõe uso de experiência brasileira para fortalecimento de mercado de seguros global

Ações sugeridas pela Confederação estão divididas em três pilares: Inovação,

Próximo
Programa Profissional de Seguros receberá Rosana de Pádua, CEO da Coface Brasil

Programa Profissional de Seguros receberá Rosana de Pádua, CEO da Coface Brasil

O tema da entrevista será “A importância do seguro de crédito para a

Veja também