Defesa Civil Nacional alerta para chuvas intensas nas regiões Sudeste e Sul

As regiões Sul e Sudeste devem continuar em alerta para a previsão de chuvas intensas, de acordo com a Defesa Civil Nacional. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o volume de chuva deve atingir entre 50 e 100 mm/dia, com ventos intensos de 60 a 100 km/h, além de queda de granizo.

Dados do Inmet mostram que as áreas mais atingidas devem ser a região central e o sul do Espírito Santo; o oeste, sul, sudoeste, centro, Campo das Vertentes, Zona da Mata, Vale do Rio Doce e região Metropolitana de Belo Horizonte, em Minas Gerais; sul, norte, noroeste, centro, Região Metropolitana e Baixadas, no Rio de Janeiro; e Vale do Paraíba, Região Macro Metropolitana Paulista e Campinas, em São Paulo.

Além disso, a frente fria que avança pelo Sul pode atingir os estados de Santa Catarina e Paraná, com tempestades, ventos fortes e queda de granizo. Com isso, há risco elevado de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de árvores e de alagamentos.

Diante da previsão, o Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad) opera com equipes de plantão para acompanhar o registro de qualquer ocorrência significativa e já comunicou as defesas civis estaduais do risco.

O coordenador-geral de Gerenciamento de Desastres da Defesa Civil Nacional, Tiago Molina Schnorr, pede para que a população fique atenta às informações oficiais e aos locais onde serão divulgados os alertas, além de adotar as medidas de autoproteção.

“É fundamental que a população para que adote algumas medidas de prevenção, como desligar aparelhos elétricos e quadro geral de energia. Em caso de enxurrada, coloque documentos e objetos de valor em sacos plásticos. Já em situação de grande perigo confirmada, procure abrigo e evite permanecer ao ar livre. É importante que a população fique atenta às informações oficiais e aos locais onde serão divulgados os alertas, além de adotar as medidas de autoproteção”, observou.

Alertas

A Defesa Civil Nacional orienta os moradores das regiões de risco a se inscreverem nos serviços de alerta, enviando um SMS, com o CEP do local onde mora, para o número 40199. Em caso de desastre, a população receberá um aviso. Outra recomendação é ficar atento aos alertas publicados no Twitter da Defesa Civil Nacional (@defesacivilbr) e do Instituto Nacional de Meteorologia (@inmet_).

]]>
Via: Brasil61

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prev
Programa de Aprendizagem Industrial do SENAI abre oportunidade para jovens entrarem no mercado de trabalho

Programa de Aprendizagem Industrial do SENAI abre oportunidade para jovens entrarem no mercado de trabalho

Destinado à qualificação ou habilitação inicial de educação profissional em

Next
Conheça a Interface de Divulgação de Alertas Públicos (Idap)

Conheça a Interface de Divulgação de Alertas Públicos (Idap)

Você conhece a Interface de Divulgação de Alertas Públicos (Idap)?

You May Also Like