Grupo Bradesco Seguros

Defesa Civil Nacional alerta para previsão de chuvas intensas no Sul, Sudeste e Centro-Oeste

A Defesa Civil Nacional alerta para a previsão de chuvas intensas nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do País ao longo desta quarta (26) e quinta-feira (27). Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o Rio Grande do Sul, o sul de Santa Catarina, o extremo oeste do Paraná e o sul do Mato Grosso do Sul deverão ser os locais mais afetados.

De acordo com o Inmet, os acumulados de chuvas podem chegar a 50 milímetros por dia, com ventos entre 40 e 60 quilômetros por hora e possibilidade de queda de granizo. Com isso, há risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de galhos de árvores e alagamentos.

Diante da previsão, o Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad) do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) já comunicou as defesas civis estaduais do risco e opera com equipes de plantão para acompanhar o registro de qualquer ocorrência significativa.

O coordenador-geral de Gerenciamento de Desastres da Defesa Civil Nacional, Tiago Molina Schnorr, destaca a importância de que a população fique atenta às informações oficiais e aos locais onde serão divulgados os alertas, além de adotar medidas de autoproteção.

“É fundamental que a população adote algumas medidas de prevenção, como desligar aparelhos elétricos e quadro geral de energia. Em caso de enxurrada, coloque documentos e objetos de valor em sacos plásticos. Já em situação de grande perigo confirmada, procure abrigo e evite permanecer ao ar livre. É importante que a população fique atenta às informações oficiais e aos locais onde serão divulgados os alertas, além de adotar as medidas de autoproteção”, observou.

Em caso de rajadas de vento, a Defesa Civil Nacional recomenda que as pessoas não se abriguem debaixo de árvores, porque há risco de queda e descargas elétricas, além de não estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda.

Frio intenso

O mês de novembro deve começar com frio intenso em quatro regiões brasileiras. As baixas temperaturas vão atingir o Sul, Sudeste, Centro-Oeste e parte do Norte até o fim da próxima semana. A região Sul, mais afetada, deverá registrar queda de 15°C nos primeiros dias o mês.

Alertas

A Defesa Civil Nacional orienta os moradores das regiões de risco a se inscreverem nos serviços de alerta, enviando um SMS com o CEP do local onde mora, ou outro local de interesse, para o número 40199.

Não há limite de locais cadastrados e o serviço é totalmente gratuito para a população. A partir da previsão de desastre, a população receberá um aviso contendo informações de risco e orientações para a autoproteção.

Outra recomendação é ficar atento aos alertas publicados no Twitter da Defesa Civil Nacional (@defesacivilbr) e do Instituto Nacional de Meteorologia (@inmet_).

]]>Via: Brasil61

Total
0
Shares
Anterior
Seis cidades brasileiras vão receber mais de R$ 2 milhões para ações de defesa civil

Seis cidades brasileiras vão receber mais de R$ 2 milhões para ações de defesa civil

Seis cidades brasileiras afetadas por desastres naturais vão receber mais de R$

Próximo
Promulgada lei que transforma Autoridade Nacional de Proteção de Dados em autarquia

Promulgada lei que transforma Autoridade Nacional de Proteção de Dados em autarquia

Depositphotos Nova lei é decorrente de medida provisória O presidente do

Veja também