Em dois dias, seguradoras somam quase 3 mil atendimentos a veículos interditados pelas chuvas no litoral norte de SP

Em dois dias, seguradoras somam quase 3 mil atendimentos a veículos interditados pelas chuvas no litoral norte de SP / Foto: Devon Janse van Rensburg / Unsplash Images
Foto: Devon Janse van Rensburg / Unsplash Images

Segundo a Federação Nacional de Seguros Gerais (FenSeg), entre os dias 19 e 20 as seguradoras realizaram 2,7 mil ações de resgate nas cidades de São Sebastião, Guarujá e Bertioga

As chuvas que atingiram o litoral norte de São Paulo durante o Carnaval, consideradas as mais fortes da história na região, fizeram disparar também os chamados de emergência por quem tem o carro segurado.

De acordo com a Federação Nacional de Seguros Gerais (FenSeg), foram 2,7 mil atendimentos, realizados entre os dias 19 e 20. O número deve subir, considerando que ainda faltam as atualizações de ontem (21), quando a região foi tomada novamente por fortes chuvas.

As ações se concentram nas cidades de São Sebastião, Guarujá e Bertioga, e estão sendo realizadas por aproximadamente 15 seguradoras. Para chegar aos locais afetados, os planos de contingência das seguradoras incluem não apenas viaturas, guinchos e pick-ups, mas também veículos especiais aquáticos (marruás e motos aquáticas), uma vez que alguns bairros ficaram completamente ilhados.

O presidente da Comissão de Seguro de Automóvel da Federação Nacional de Seguros Gerais (FenSeg), Marcelo Sebastião, esclarece que a cobertura para veículos atingidos por alagamentos e inundações inclui os casos de veículos guardados em subsolo. “As seguradoras disponibilizam diversos planos de seguros, mas o seguro compreensivo, aquele popularmente chamado de seguro total, é o que garante cobertura securitária para submersão parcial ou total do veículo em água doce, proveniente de enchentes ou inundações. Essa cobertura se aplica inclusive nos casos de veículos guardados em subsolo, além da queda de árvores e de muros sobre o automóvel”, afirma Sebastião, antes de acrescentar que é fundamental o cliente acionar o seu corretor e a seguradora para mais orientações.

Com o objetivo de chamar a atenção da sociedade para a relevância do seguro no dia a dia, a CNseg, a Confederação Nacional das Seguradoras (da qual a FenSeg faz parte), lançou neste Carnaval a segunda fase de sua campanha institucional, intitulada “Seguros. Pra Tudo e Pra Todos”. A nova fase vai durar três meses e abrangerá ações em aeroportos, rádio e redes sociais, e pretende disseminar entre o público mais informações sobre os produtos e serviços do setor que são importantes para garantir proteção. Todos os conteúdos informativos e depoimentos com histórias reais estão disponíveis no hotsite da campanha.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior
Dia do Consumidor: redes sociais, experiência phygital e atenção às finanças impactam geração Z no e-commerce
Dia do Consumidor: redes sociais, experiência phygital e atenção às finanças impactam geração Z no e-commerce / Foto: Force Majeure / Unsplash Images

Dia do Consumidor: redes sociais, experiência phygital e atenção às finanças impactam geração Z no e-commerce

Jovens chegam ao mercado consumidor com novas prioridades; executivo aconselha

Próximo
Janeiro registra 92 pedidos de recuperação judicial, revela Serasa Experian
Janeiro registra 92 pedidos de recuperação judicial, revela Serasa Experian / Foto: Wesley Tingey / Unsplash Images

Janeiro registra 92 pedidos de recuperação judicial, revela Serasa Experian

Desde agosto de 2021, Serviços segue como setor responsável pelo maior volume de

Veja também