Quinzena do Seguro

Escola de negócios dá dicas para organizar as finanças em janeiro

Escola de negócios dá dicas para organizar as finanças em janeiro / Foto: Liza Summer / Pexels
Foto: Liza Summer / Pexels

Quando começa o ano, a chegada dos impostos é a primeira preocupação que vem à cabeça do brasileiro. Janeiro começa com o pagamento do IPTU, IPVA, DPVAT, rematricula escolar e outros. Caso não tenha um planejamento das finanças, fica complicado honrar com esse compromisso.

Pensando nisso, FIA Business School convidou alguns professores da área de economia especialistas em finanças para dar dicas preciosas para passar o começo do ano sem aperto no bolso. Todos os professores salientam a importância de saber o valor de cada boleto para se programar de acordo e aproveitar o momento certo para pagamento

Confira:

Fique atento aos descontos

Rodolfo Olivo, professor da FIA Business School orienta aproveitar os descontos nos boletos, com o pagamento à vista. “Observar os juros é extremamente importante e, caso opte pelo parcelamento, vale ver a melhor forma de financiamento para tomar a decisão. Até porque precisamos considerar que não seria adequado se endividar logo no início do ano com impostos”, comenta Olivo.

Não se esqueça da inflação

Para Claudio Felisoni, professor da FIA Business School, a maneira prática para estimar o total das despesas é considerar o valor pago desses itens no ano passado e acrescentar a inflação acrescida de um percentual de segurança, ou seja, digamos o total das despesas multiplicadas por 1,1 (mais 10%). “Uma família deve ter um orçamento como uma empresa. Há gastos e despesas. O ideal é reservar das entradas mensais uma parte do total dessas despesas e poupar. Por exemplo avaliar quanto foi gasto no ano anterior dividir por 12 meses do ano. O valor deveria obviamente ser aplicado de modo a preservá-lo”, explica Felisoni.

Planejamento financeiro precisa ser aplicado o ano todo

Segundo uma pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), 90% dos brasileiros não têm planejamento para suportar as despesas do início do ano.

O professor da FIA Business School, Celso Grisi comenta sobre as despesas da educação com relação a matrícula e materiais escolares. Além de diversos seguros como de residências e de veículo automotivo. “Muitas pessoas acabam parcelando tudo no início do ano, inclusive gastos com a educação dos filhos, além das despesas nas festas de final de ano, mesmo se bonificadas pelo 13 salário. Aconselho que uma fatia seja poupada mês a mês e que, em dezembro, esse montante seja reservado para essas despesas que serão altas por conta da inflação”, enfatiza.

Atento aos impostos

  • Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) – Os valores são calculados de acordo com a metragem do imóvel e a alíquota varia para cada tipo de imóvel de acordo com o Estado e cidade.
  • Imposto sobre a Propriedade de Veículo Automotores (IPVA) – Basta verificar o valor referente ao veículo no site da secretaria de governo do Estado. Escolhendo a opção de pagamento de débitos para veículos, digitar o número do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam) e seguir o acesso ao débito. O DPVAT, seguro contra danos pessoais por veículos automotores terrestres não será cobrado esse ano, segundo a Superintendência de Seguros Privados (Susep) porque houve um excedente de recursos para bancar indenizações.
Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prev
Seis razões pelas quais o mercado de seguros é importante para o Open Finance
Seis razões pelas quais o mercado de seguros é importante para o Open Finance / Foto: Cottonbro Studio / Pexels

Seis razões pelas quais o mercado de seguros é importante para o Open Finance

Especialista da Teros afirma que haverá ainda mais diversificação do uso de

Next
Seguro Rural cresce 40% na arrecadação de prêmios até novembro de 2022, diz Susep
Seguro Rural cresce 40% na arrecadação de prêmios até novembro de 2022, diz Susep / Foto: Kindel Media / Pexels

Seguro Rural cresce 40% na arrecadação de prêmios até novembro de 2022, diz Susep

Susep divulga Síntese Mensal com dados do setor até novembro

You May Also Like