Expansão impressionante no setor de transporte eleva economia brasileira em 2023

Expansão impressionante no setor de transporte eleva economia brasileira em 2023/ Foto: Unsplash
Foto: Unsplash

Com um aumento expressivo no PIB e no volume de serviços de transporte, o Brasil exibe um vigoroso dinamismo no setor logístico, destacando um ano de notável progresso

O ano de 2023 marcou um período de crescimento significativo para o setor de transporte no Brasil, com impactos positivos notáveis na economia do país. O Produto Interno Bruto (PIB) do setor de Transporte, Armazenagem e Correios registrou um crescimento de 1,2% no primeiro trimestre, parte de um avanço mais amplo de 5,1% na atividade econômica brasileira. Esse crescimento é ainda mais impressionante quando comparado aos dois últimos trimestres de 2022, mostrando uma tendência de ascensão contínua.

Um dos destaques desse crescimento foi o setor rodoviário de cargas, que viu um aumento significativo de 23,7% em março. Esse avanço pode ser atribuído à demanda sazonal por soja e milho, além de outros fatores. Com mais de 65% das cargas do país transportadas por rodovias, esse setor desempenha um papel crucial na economia brasileira, não apenas no transporte de grãos, mas também na movimentação de uma variedade de produtos.

O setor agropecuário também teve papel fundamental no crescimento econômico do Brasil, com um aumento de 21,6% no PIB. Esse número sublinha a importância do setor de transporte para a economia como um todo, evidenciando sua capacidade de adaptação e crescimento em resposta às demandas do mercado.

Um aspecto notável desse crescimento foi o aumento expressivo no transporte de cargas fracionadas, especialmente nas rotas que ligam São Paulo aos estados do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Em 2023, o transporte para o Mato Grosso do Sul cresceu 110% em relação ao ano anterior. Nas rotas específicas, houve um aumento impressionante de buscas: 93% de São Paulo para Campo Grande (MS), 71% para Cuiabá (MT), 83% para Sinop (MT) e 98% para Dourados (MS), comparando os últimos trimestres de 2022 e 2023.

Célio Martins, gerente de novos negócios da editora Transvias, oferece uma perspectiva detalhada sobre a tendência atual no transporte de cargas fracionadas. Ele afirma: “O aumento substancial que estamos vendo no transporte de cargas fracionadas não é apenas uma questão de números. Representa uma otimização significativa na distribuição de mercadorias e sublinha a eficiência do nosso setor em se adaptar e responder às demandas de um mercado que está sempre mudando. Contudo, não estamos sem desafios. A complexidade na gestão dessas cargas, juntamente com os riscos inerentes de danos e perdas, exige uma abordagem meticulosa. Estamos superando esses obstáculos por meio de práticas rigorosas, incluindo embalagem adequada, sistemas de marcação precisos e um rastreamento eficiente. Essas medidas não só garantem a segurança e integridade das cargas, mas também fortalecem a confiança de nossos clientes na eficácia do transporte fracionado como uma solução logística viável.”

Essa declaração de Martins ressalta a importância de inovações e estratégias adequadas na gestão logística, enfatizando a necessidade de constante adaptação e melhoria para manter a competitividade e eficiência no setor. “O ano de 2023, portanto, representa um marco para a economia brasileira, com o setor de transporte desempenhando um papel fundamental no crescimento econômico do país”, finaliza Martins.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior
MAG Investimentos alcança R$ 12 bilhões em gestão
MAG Investimentos alcança R$ 12 bilhões em gestão/ Foto: Unsplash

MAG Investimentos alcança R$ 12 bilhões em gestão

Gestora teve um crescimento de mais de R$ 1 bilhão em ativos no último ano

Próximo
Especialista explica como chamar a atenção dos recrutadores nas plataformas digitais
Especialista explica como chamar a atenção dos recrutadores nas plataformas digitais/ Foto: Unsplash

Especialista explica como chamar a atenção dos recrutadores nas plataformas digitais

Época pré-Carnaval é propícia para a candidatura, com mercado já aquecida em

Veja também