Fora da Curva: Vital Card lança campanha de redução de preço

Fora da Curva: Vital Card lança campanha de redução de preço / Foto: Divulgação
Divulgação

Válidos a partir de hoje, dia 07 e se estende até 31 de agosto, descontos podem chegar em 20%

Rafael Turra, diretor da Vital Card / Foto: Divulgação
Rafael Turra, diretor da Vital Card / Foto: Divulgação

“Sabemos que estamos indo na contramão do mercado, mas queremos reforçar, ainda mais, nossa parceria com o trade turístico. Se podemos reduzir, vamos reduzir e levar benefícios para todos”. A afirmação é de Rafael Turra, diretor da Vital Card, ao lançar da campanha Vital Fora da Curva.

A iniciativa é uma resposta direta ao trabalho de gestão e ajustes no portfólio com base, mais do que no acompanhamento, no amplo entendimento do mercado e suas mudanças. Começa hoje (07) e é válida até o fim do mês de agosto, dia 31, a campanha que prevê descontos de até 20% em todos os produtos. “Trata-se de uma condição exclusiva agentes de viagens e corretores”, reforça Turra.

O executivo destaca que, mesmo sabendo que haverá impacto direto no cliente final, este é um benefício exclusivo aos trades que compõem os mercados da empresa: o de seguros e o de turismo. As condições estarão disponíveis exclusivamente e na área logada do parceiro.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior
Previdência empresarial é a aposta da Quanta em parceria com a Somma Investimentos
Previdência empresarial é a aposta da Quanta em parceria com a Somma Investimentos / Foto: Divulgação

Previdência empresarial é a aposta da Quanta em parceria com a Somma Investimentos

Cerca 70 colaboradores poderão ter acesso ao benefício com aporte empregador

Próximo
R$ 27 bilhões foram gastos para cobrir custos de procedimentos médicos desnecessários e fraudes em contas hospitalares
R$ 27 bilhões foram gastos para cobrir custos de procedimentos médicos desnecessários e fraudes em contas hospitalares / Foto: Karolina Grabowska / Pexels

R$ 27 bilhões foram gastos para cobrir custos de procedimentos médicos desnecessários e fraudes em contas hospitalares

Dados foram levantados pelo Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS)

Veja também