Gasolina inicia 2024 0,35% mais barata, acompanhada do etanol, que recuou 2,43% nos postos, aponta Edenred Ticket Log

Douglas Pina, Diretor-Geral de Mobilidade da Edenred Brasil / Foto: Divulgação
Douglas Pina, Diretor-Geral de Mobilidade da Edenred Brasil / Foto: Divulgação

Valor médio nacional do litro da gasolina fechou a primeira quinzena do mês a R$ 5,77 e etanol a R$ 3,61

De acordo com a mais recente análise do Índice de Preços Edenred Ticket Log (IPTL), levantamento que consolida o comportamento de preços das transações nos postos de combustível, trazendo uma média precisa, o valor médio nacional do litro da gasolina fechou a primeira quinzena do ano a R$ 5,77, com queda de 0,35%, ante dezembro.

“Bem como nos últimos meses do ano anterior, a gasolina continua em baixa no país. Fatores externos, como o aumento do consumo do etanol e a queda no preço do petróleo, podem contribuir para que o preço do combustível recue um pouco mais. Devemos observar esses reflexos e como devem impactar na média ofertada nas bombas aos motoristas nos próximos dias”, analisa Douglas Pina, Diretor-Geral de Mobilidade da Edenred Brasil.

Entre as regiões brasileiras, todas registraram redução no litro da gasolina, com destaque para o Norte, que apesar de comercializar o maior preço médio entre as demais, vendido a R$ 6,20, registrou a redução mais expressiva de todo o território nacional, em relação ao mês anterior, de 1,27%. Já a média mais baixa foi identificada nas bombas de abastecimento do Sudeste, por R$ 5,67.

O Amazonas concentrou o recuo mais expressivo para a gasolina, de 5,49%, que fechou a R$ 6,03. Ainda assim, a gasolina mais barata foi comercializada no Distrito Federal, a R$ 5,54. Apenas dois estados apresentaram alta no preço do combustível, com destaque para o Pernambuco, onde o litro fechou a R$ 5,71, com aumento de 2,88%. A gasolina mais cara de todo o território nacional foi identificada nos postos do Acre, a R$ 6,63.

O etanol também ficou mais barato para os motoristas brasileiros e a média nacional fechou os primeiros dias de janeiro a R$ 3,61, recuo de 2,43%.

Bem como no mês de dezembro, novamente o Centro-Oeste fechou com a média mais baixa do país para o combustível  (R$ 3,46), valor 1,14% menor, ante dezembro. Ainda assim, a maior redução foi registrada na Região Sul, a 2,02%, onde o litro do etanol fechou a R$ 3,89. O IPTL não identificou aumento entre as regiões, porém o litro com a média mais alta foi encontrado nos postos do Norte, a R$ 4,58.

Entre os estados, o Alagoas registrou a redução mais significativa para o etanol de 4,11%, vendido à média de R$ 4,20. Já nos postos de Mato Grosso, o combustível foi encontrado pelo menor preço médio do país, a R$ 3,33.

O aumento mais expressivo para o etanol, de 1,24%, foi localizado em Pernambuco, comercializado a R$ 4,09, e a média mais alta, em Rondônia, a R$ 4,86. “A gasolina foi considerada o combustível mais vantajoso para o abastecimento em oito estados, enquanto o etanol em 16 e no Distrito Federal. Além de ser mais econômico, o etanol é ecologicamente mais viável por oferecer menor impacto ao meio ambiente ao contribuir com a redução das emissões de gases responsáveis pelas mudanças climáticas”, conclui Pina.

O IPTL é um índice de preços de combustíveis levantado com base nos abastecimentos realizados nos 21 mil postos credenciados da Edenred Ticket Log, com uma robusta estrutura de data science que consolida o comportamento de preços das transações nos postos, trazendo uma média precisa, que tem grande confiabilidade, por causa da quantidade de veículos administrados pela marca: mais de 1 milhão, com uma média de oito transações por segundo. A Edenred Ticket Log, marca da linha de negócios de Mobilidade da Edenred Brasil, conta com mais de 30 anos de experiência e se adapta às necessidades dos clientes, oferecendo soluções modernas e inovadoras, a fim de simplificar os processos diários.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior
CAOA anuncia 2º turno de trabalho na fábrica de Anápolis (GO)
CAOA anuncia 2º turno de trabalho na fábrica de Anápolis (GO) / Foto: Divulgação

CAOA anuncia 2º turno de trabalho na fábrica de Anápolis (GO)

CAOA é uma das empresas com 100% de capital nacional que mais contratou em 2023

Próximo
BNDES financia R$ 75 milhões em soluções de eficiência energética para indústria e varejo
BNDES financia R$ 75 milhões em soluções de eficiência energética para indústria e varejo/ Foto: Freepik

BNDES financia R$ 75 milhões em soluções de eficiência energética para indústria e varejo

Por meio do financiamento à Comerc Eficiência, serão implantadas ações com

Veja também