Generali se torna acionista majoritária na atuação Property & Casualty na China

Grupo Generali recebe o Prêmio Transatlântico / Foto: Divulgação / Generali
Foto: Divulgação / Generali

Generali consolida sua posição estratégica na China ao se tornar acionista majoritária de 100% da Generali China Insurance Company (GCI), com o objetivo de fortalecer a presença no mercado chinês e estabelecer as bases para o crescimento futuro

A Generali assinou um acordo para a aquisição de 51% da Generali China Insurance Company Limited, por aproximadamente € 99 milhões. Após a conclusão, a Generali se tornará a acionista 100% da GCI. A assinatura segue o processo de leilão público iniciado pela CNPC Capital, conforme divulgado pela China Beijing Equity Exchange, em novembro de 2023. A conclusão da transação está sujeita a aprovações regulatórias.

O impacto estimado na taxa de solvência regulatória do Grupo Generali é de aproximadamente -1 p.p.

A aquisição representa um investimento estratégico de longo prazo para desenvolver um negócio de seguros gerais totalmente de propriedade e controle da Generali na China, posicionando-a para capturar uma fatia crescente do mercado chinês em expansão. Após a conclusão, a Generali se tornará a primeira empresa estrangeira a adquirir o controle acionário de uma seguradora Property & Casualty na China, por meio de um processo obrigatório de leilão público.

Como proprietária única da GCI, a Generali buscará expandir sua rede de distribuição no país, aproveitar os investimentos do país oriental em direção à neutralidade de carbono para expandir os seguros de negócios verdes, a fim de diferenciar a Generali no mercado. Além disso, aproveitar o conhecimento global, regional e local do Grupo para melhorar a estratégia de distribuição da GCI.

A Generali e a CNPC Capital continuam a ser sócias da Generali China Life Insurance Company, criada em 2002, que registrou mais de 3 bilhões de euros em prêmios brutos emitidos em 2022, bem como da Generali China Asset Management Company.

Jaime Anchústegui, CEO Internacional da Generali, diz: “Esta aquisição está totalmente alinhada com nossa estratégia do Grupo, que visa fortalecer nossa presença nos principais mercados asiáticos. Tornar-se o único proprietário da GCI nos permitirá expandir ainda mais nossa oferta, nosso alcance e nossa rede de distribuição. Gostaria de agradecer à CNPC Capital pela contribuição e próxima colaboração no desenvolvimento da GCI em conjunto com a Generali até agora e no futuro. Nossa parceria construtiva de longo prazo e voltada para o futuro continuará com sucesso na joint-venture de seguros de Vida Generali China Life, cobrindo Vida, Saúde e Gestão de Ativos”.

Rob Leonardi, Diretor Regional para Ásia da Generali, diz: “A China é o segundo maior mercado de seguros gerais do mundo em prêmios, com um perfil de crescimento atraente. Essa transação, que prevê que a Generali obtenha a propriedade total da GCI ampliará os negócios de alta qualidade desenvolvidos com a CNPC Capital. Estamos confiantes de que, juntamente com a equipe de gestão e funcionários, podemos aproveitar diversas oportunidades deste mercado e nos tornar o parceiro vitalício para mais clientes em toda a China”.

O UBS atuou como consultor financeiro da Generali na transação. A Fangda Partners atuou como consultora jurídica.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior
Em nova fase, Qualicorp investe em cultura interna e gestão focada na satisfação dos clientes

Em nova fase, Qualicorp investe em cultura interna e gestão focada na satisfação dos clientes

Com a mudança de gestão, a maior administradora de benefícios de saúde do Brasil

Próximo
‘Broker As a Service’: novo modelo de parceria para corretores PMEs chega ao mercado

‘Broker As a Service’: novo modelo de parceria para corretores PMEs chega ao mercado

 

Veja também