HDI Seguros aplica tecnologia Adyen e recupera R$ 2,4 milhões em transações de pagamentos

Renato Tavares Pinheiro, Superintendente Financeiro da HDI Seguros / Foto: Reprodução
Renato Tavares Pinheiro, Superintendente Financeiro da HDI Seguros / Foto: Reprodução

Empresa teve incremento de receita com a combinação de ferramentas da Adyen, como tokenização de bandeira e atualização automática de cartões

HDI Seguros, empresa do grupo alemão Talanx, terceiro maior conglomerado segurador da Alemanha, tem investido em digitalização para melhorar a experiência do cliente, com canais digitais e serviços online para facilitar a contratação, acompanhamento e gestão dos seguros. Nessa jornada, a seguradora conta com soluções da Adyen, líder global em tecnologia de pagamentos para grandes empresas, o que levou a recuperação de R$ 2,4 milhões em transações que seriam negadas sem a aplicação de ferramentas de otimização.

Essa nova fase da parceria, que já ocorre desde 2019, foi norteada pelos objetivos da HDI Seguros em se adaptar à era digital para atender às expectativas dos clientes em todos os pontos de contato, e de implementar soluções de gestão de dados eficientes para obter insights relevantes para tomada decisões e melhoria de produtos e processos, em um momento em que esses fatores se tornaram centrais para grandes seguradoras, especialmente em estratégias de atração de consumidores jovens.

Maior aprovação de transações e incremento de receita

O segmento de seguros usa, principalmente, o modelo de recorrência de pagamentos, com cobranças que ocorrem periodicamente, de forma automática. Assim, é fundamental que o provedor de pagamentos aplique tecnologias para realizar transações bem-sucedidas, evitando perdas para a empresa e retrabalho por parte do cliente.

Foi o que a Adyen fez ao implantar seu produto RevenueAccelerate, que usa aprendizado de máquina para aumentar a eficácia dos pagamentos. A ferramenta realiza testes e otimizações de forma automática para cada transação, aprendendo em tempo real as preferências dos bancos, que mudam constantemente.

Entre as ferramentas empregadas estão a tokenização de bandeira, que substitui dados de pagamento por um token para aumentar a segurança e as taxas de aprovação; a atualização automática de dados de cartão do consumidor; a mensageria inteligente, que adapta a organização das informações de pagamento de acordo com as preferências do banco; e as retentativas automáticas de processamento.

“O processamento de cobrança por cartão de crédito da Adyen é robusto e sem fricção. No ramo de seguros a atividade de cobrança é muito sensível à experiência e à jornada do cliente. O processo eficiente provido pela Adyen é de suma importância e reflete em resultados expressivos à empresa”, analisa Renato Tavares Pinheiro, Superintendente Financeiro da HDI Seguros.

A combinação das tecnologias resultou em um incremento aproximado de R$ 2,4 milhões ao ano nos ganhos financeiros da HDI Seguros. Isoladamente, a funcionalidade de tokenização de bandeira da Adyen, a seguradora aumentou sua taxa de autorização em 3 pontos percentuais, que passou de 88% para 91%. Já com a atualização automática de dados de cartão do consumidor, a empresa obteve um incremento de receita aproximado de R$ 1,2 milhão ao ano, com um avanço de 0,66% nas aprovações. Enquanto as retentativas automáticas de processamento contribuíram para um aumento médio de 0,20% de receita.

Melhoria de processos e da experiência do cliente

O uso de tecnologias nos pagamentos vem como resposta aos desafios enfrentados pelo setor de seguros para modernização digital e tem sido um elemento central na melhoria da experiência dos consumidores durante toda jornada de compra, para aumentar a conversão e a transparência das informações.

“A HDI Seguros foi uma das primeiras seguradoras a implantar o envio de link para captura dos dados dos clientes segurados, proporcionando maior segurança de informação, por meio da parceria com a Adyen. Esse projeto permitiu que a empresa se tornasse referência entre os corretores e concorrentes nos quesitos agilidade, segurança de dados e satisfação dos segurados”, conta Renato.

Para a VP de Atendimento ao Cliente da Adyen América Latina, Maria Isabel Noronha, o segmento como um todo pode se inspirar nas boas práticas de gestão de pagamentos da HDI Seguros. “Nessa parceria, temos a materialização de todo o potencial que a tecnologia de pagamentos é capaz de entregar para as empresas, em termos de incremento de receita, inovação de experiência do cliente e inteligência de dados. As empresas que querem continuar prosperando precisam repensar o papel dos pagamentos em suas estratégias”, comenta a executiva.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prev
“Não há como fazer educação profissional sem estarmos conectados”, diz secretária executiva do MEC, Izolda Cela, em evento do Itaú Educação e Trabalho
Bruno Poletti, Ana Inoue, Isolda Cela, Tabata Amaral, Washington Bandeira, Pedro Wongtschowski e Eduardo Saron / Foto: Bruno Poletti / Divulgação

“Não há como fazer educação profissional sem estarmos conectados”, diz secretária executiva do MEC, Izolda Cela, em evento do Itaú Educação e Trabalho

Encontro Educação e Trabalho: Perspectivas da Educação Profissional e

Next
Shein no Brasil: especialistas calculam que até 2027 os volumes de vendas da chinesa podem chegar a US$ 100 bilhões
Shein no Brasil: especialistas calculam que até 2027 os volumes de vendas da chinesa podem chegar a U$100 bilhões / Foto: Christin Hume / Unsplash Images

Shein no Brasil: especialistas calculam que até 2027 os volumes de vendas da chinesa podem chegar a US$ 100 bilhões

Governo Federal isenta impostos em compras de até US$ 50 em sites estrangeiros e

You May Also Like