Isaac capta R$ 112,5 milhões em FIDC de créditos do ensino básico

Foto: Andrea Piacquadio/ Pexels
Foto: Andrea Piacquadio/ Pexels

Fintech do Grupo Arco Educação, que já assegurou R$ 2,5 bilhões de mensalidades em dia, avança na conexão das escolas com mercado de capitais

O isaac, a maior plataforma de soluções financeiras feita para escolas, acaba de levantar R$ 112,5 milhões por meio de FIDC que tem como foco recebíveis lastreados em mensalidades de Educação Básica no país. A captação faz parte do objetivo da fintech de viabilizar o acesso a capital às escolas de forma escalável.

Com a captação, a empresa, que faz parte do Grupo Arco Educação desde janeiro de 2023, poderá escalar o acesso de escolas a capital por meio de um produto difundido em diversos setores, mas até então não existente na educação básica. “Apesar do perfil financeiro bastante robusto, a falta de infraestrutura organizacional dificultava a entrada do setor em FIDCs”, afirma David Peixoto, fundador do isaac.

“O isaac nasceu com o intuito de gerar disrupção e transformar a gestão financeira no setor educacional. Acreditamos que o FIDC é o melhor instrumento para escalar o acesso à capital pelas escolas e viabilizar esse objetivo. A maior securitização de recebíveis do ensino básico no país reforça que estamos no caminho certo”, completa.

Fundada em 2020, a fintech começou com o produto de garantia de receita e em menos de três anos ultrapassou as marcas de 1.300 escolas e R$ 2,5 bilhões assegurados. A plataforma operacionaliza todo recebimento de mensalidades escolares e garante a receita mensal, mesmo no caso de atraso de pagamento pelos responsáveis financeiros dos alunos, desonerando o dia a dia da secretaria ao assumir a gestão de recebíveis. Além disso, favorece a comunicação e o atendimento às famílias, por meio de uma interface que facilita o processo, enviando lembretes pré-vencimento e permitindo o pagamento das mensalidades de forma digital por diversos meios, como Pix, cartão de crédito, boleto ou recorrência.

“Além de fortalecer o nosso negócio, essa captação permite que mais instituições de ensino invistam em inovação e crescimento, com mais previsibilidade de receita, fluxo de caixa e uma melhor gestão financeira para tirar seus planos do papel”, acrescenta Paula Jorge, diretora geral da fintech.

Já Peixoto ressalta que a operação robusta construída pelo isaac despertou o interesse de importantes investidores, o que contribuiu para uma captação acima do esperado.

Alvaro Landi, da Credit Saison Brazil, afirma que encontrou na oportunidade uma boa opção de investimento, com impacto em um setor chave do país. “O isaac propõe uma abordagem criativa para atacar de forma escalável um problema único e crônico de uma indústria socioeconomicamente importante e historicamente carente de soluções financeiras – tudo isto a partir de uma estrutura de FIDC robusta e protetiva para o investidor sênior”, afirma.

A XP Investimentos atuou como coordenadora e distribuidora da oferta. Vidigal Neto e Pinheiro Guimarães atuaram como assessores legais.

O isaac segue crescendo em ritmo acelerado, atingindo R$ 75 milhões de receita líquida no segundo trimestre, um aumento de mais de 100% vs ano passado. O forte crescimento aliado a alavancagem operacional do negócio se traduziu em uma melhora significativa da rentabilidade da unidade de negócio, que praticamente atingiu o breakeven do EBITDA no trimestre.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prev
CAPEMISA Capitalização recebe o Oscar do Seguro, premiação do CVG-RJ
Patricia Nepomuceno, Diretora Técnica da CAPEMISA Capitalização / Foto: Divulgação

CAPEMISA Capitalização recebe o Oscar do Seguro, premiação do CVG-RJ

Next
So+ma firma parceria com Inspira para ampliar coleta de recicláveis em São Paulo
Foto: Pawel Czerwinski/ Unsplash

So+ma firma parceria com Inspira para ampliar coleta de recicláveis em São Paulo

O projeto tem como intuito incentivar os alunos a criarem consciência ambiental

You May Also Like