No Dia do Consumidor, advogados dão dicas para se proteger de golpes

Larissa Sento-Sé Rossi e Victor Graça, sócios da área cível do escritório Pessoa & Pessoa / Foto: Divulgação
Larissa Sento-Sé Rossi e Victor Graça, sócios da área cível do escritório Pessoa & Pessoa / Foto: Divulgação

Sócios do escritório Pessoa & Pessoa recomendam ações simples no WhatsApp e nas redes sociais que podem evitar muita dor de cabeça

Hoje é Dia Mundial do Consumidor. Para ajudar os consumidores brasileiros a se precaverem dos principais golpes praticados nas redes, os sócios da área cível do escritório Pessoa & Pessoa, Larissa Sento-Sé Rossi e Victor Graça, selecionaram algumas dicas valiosas para lidar melhor com tentativas de fraude no WhatsApp, na internet e nas redes sociais.

Golpes no WhatsApp

O golpe do WhatsApp pode acontecer de duas formas:

Na primeira, o fraudador liga se passando por um funcionário do banco ou de outra instituição e, durante a ligação, convence a informar o código que é enviado via SMS. Deste modo, a sua conta do WhatsApp é ativada no aparelho dele, e ele passa a pedir dinheiro aos seus contatos.

Na segunda maneira, o fraudador cria uma conta de WhatsApp em seu nome, utilizando fotos e dados que ele conseguiu na internet.

Dicas:

  • Ative a confirmação em duas etapas na sua conta do WhatsApp.
  • Deixe a foto de perfil no WhatsApp privada, para ser vista apenas por contatos.
  • Não empreste dinheiro sem antes confirmar por telefone com a pessoa.
  • Não deixe o seu número de telefone pessoal exposto em redes sociais.
  • Nunca informe a ninguém códigos de validação ou de segurança.

Golpe durante pagamentos na internet

Os criminosos induzem a pessoa a acessar páginas falsas de sites ou lojas muito parecidas com as oficiais. Quem acessa e, sem perceber, faz o pagamento, termina repassando os próprios dados.

Outra variação: alegam que você está prestes a perder seus pontos em programas desse tipo ou, ainda, se passam por lojas enviando links com ofertas de produtos com descontos excessivos ou brindes.

Dicas:

  • Não forneça senhas e dados de cartão após clicar em links que receber.
  • Não faça compras ou movimentações usando dispositivos que não sejam seus.
  • Evite realizar movimentações utilizando conexões Wi-Fi de locais públicos.
  • Não clique em links; opte por acessar o site digitando o endereço na barra do navegador.
  • Mantenha seus sistemas e aplicativos sempre atualizados.
  • Ao deixar o site ou app de seu banco, clique sempre em “sair”, para se desconectar.
  • Se entrarem em contato em nome do banco, desligue e retorne através de um outro aparelho de celular ou fixo.

Golpes nas redes sociais

Para atrair vítimas, criminosos criam perfis falsos (também chamados de “perfis fake”) nas redes sociais, em nome de grandes empresas, como instituições bancárias, cartão de crédito, financeiras e outras.

Esses perfis postam propagandas enganosas, como descontos exagerados durante compras, além de serviços e benefícios que não existem. Assim que a pessoa entra em contato, eles aproveitam para extrair informações importantes ou mesmo realizam falsas vendas e negócios.

Dicas:

  • Desconfie de ofertas exageradas e benefícios discrepantes nas redes.
  • Analise o perfil de páginas e pessoas (seguidores, tempo de existência etc).
  • Nunca informe suas senhas e dados para ninguém.
Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior
MAPFRE patrocina musical sobre a história do grupo Los Hermanos
Tatiana Cerezer, superintendente de marketing da MAPFRE / Foto: Divulgação

MAPFRE patrocina musical sobre a história do grupo Los Hermanos

Espetáculo, que tem a direção de Michel Melamed, estreia nesta sexta-feira, dia

Próximo
Marcelo Augusto Silvestre Rodrigues é o novo superintendente de Pricing, Estudos e Fornecedores da Brasilprev
Marcelo Augusto Silvestre Rodrigues, superintendente de Pricing, Estudos e Fornecedores da Brasilprev / Foto: Divulgação

Marcelo Augusto Silvestre Rodrigues é o novo superintendente de Pricing, Estudos e Fornecedores da Brasilprev

Empresa é líder de mercado e referência em previdência privada

Veja também