O período de chuvas e a importância do seguro auto

Marcos Alexandre Lopes, advogado no Rücker Curi Advocacia e Consultoria Jurídica / Foto: Divulgação
Marcos Alexandre Lopes, advogado no Rücker Curi Advocacia e Consultoria Jurídica / Foto: Divulgação

Uma enchente pode ocorrer em qualquer lugar, em qualquer momento, o que torna o seguro de automóvel imprescindível

O período de chuvas de verão, intensificado pelas mudanças climáticas, com enchentes e alagamentos em todo o país, fez crescer o número de chamados de emergência para seguradoras, feitos por proprietários de automóveis com seguro

Comercializado em todo o mundo, o seguro de automóvel busca proteger veículos contra prejuízos, incluindo aqueles causados por catástrofes naturais, como as enchentes. As condições climáticas, sabemos bem, nem sempre são previsíveis. Uma enchente pode ocorrer em qualquer lugar, em qualquer momento, o que torna o seguro automóvel imprescindível, apto a minimizar os prejuízos causados.

Apenas em São Paulo, segundo a Federação Nacional de Seguros Gerais (FenSeg), foram cerca de 3 mil atendimentos nos dias 19 e 20 de fevereiro. Esse número ainda deve subir, considerando que as chuvas perduram na região.

Em razão do excessivo número de chamados, as seguradoras montaram um plano de ação para atenderem as vítimas seguradas, valendo-se de veículos especiais, caminhonetes e jet-skis.

Ao contratar um seguro automóvel, é importante entender quais eventos são cobertos. A maioria dos produtos oferece cobertura contra enchentes como parte da apólice básica, mas pode haver limitações ou exclusões.

Algumas apólices podem não cobrir danos causados por enchentes originadas de causas naturais, como chuvas torrenciais, enquanto outras podem excluir danos causados por enchentes que resultam de falhas em sistemas de água ou esgoto.

Assim, morando ou não em uma área que apresenta risco de enchentes, é importante conhecer o produto, ler atentamente as condições gerais antes da contratação e considerar a inclusão de coberturas adicionais.

Importante um contato próximo junto ao corretor e à seguradora, através dos canais de atendimento, e dar conhecimento sobre os riscos específicos para as regiões e como as coberturas oferecidas podem vir a ajudar a atenuar prejuízos em caso de uma catástrofe natural.

As empresas, em conjunto com a Confederação Nacional das Seguradoras (CNseg), também vêm lançando campanhas nacionais sobre os produtos ofertados no mercado que podem vir a auxiliar na prevenção de crises e prejuízos.

*Artigo de Marcos Alexandre Lopes, advogado no Rücker Curi Advocacia e Consultoria Jurídica.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior
Sombrero Seguros apresenta demonstrações financeiras de 2022 ao mercado
Leonardo Paixão, CEO da Sombrero Seguros / Foto: Divulgação

Sombrero Seguros apresenta demonstrações financeiras de 2022 ao mercado

Jovem seguradora iniciou atividades no ano passado e logo se destacou no seguro

Próximo
Instituto XP anuncia finalistas do maior prêmio de educação financeira do país
Fotos dos 24 finalistas da 2ª edição do Prêmio Educação Financeira Transforma, do Instituto XP / Foto: Divulgação

Instituto XP anuncia finalistas do maior prêmio de educação financeira do país

Público poderá votar em professores (as), pesquisadores (as), solução digital,

Veja também