Participantes da Prevcom registram R$ 5,27 milhões em contribuições facultativas de janeiro a outubro

Participantes da Prevcom registram R$ 5,27 milhões em contribuições facultativas de janeiro a outubro / Foto: Maitree Rimthong / Pexels
Foto: Maitree Rimthong / Pexels

Servidores mantêm fluxo consistente de aportes extras para ajustar as reservas para a aposentadoria

Os participantes da Fundação de Previdência Complementar do Estado de São Paulo (Prevcom) transferiram para suas contas individuais R$ 540,80 mil em contribuições facultativas em outubro, valor 6,30% superior aos R$ 508,69 mil apurados em igual período no ano passado. No comparativo dos últimos dez meses os aportes extras somaram R$ 5,27 milhões e ficaram 17% abaixo dos R$ 6,36 milhões registrados em 2021.

O balanço fechado pela Prevcom confirma que os servidores mantêm um fluxo consistente de contribuições extras que começa a se aproximar dos níveis atípicos da fase aguda da pandemia. A crise sanitária forçou o adiamento de projetos pessoais e provocou o redirecionamento de capital para investimentos e reservas financeiras. Esta mudança de comportamento também favoreceu os planos de benefícios previdenciários.

As aplicações extras refletem o papel ativo dos servidores públicos interessados em ajustar os valores de acordo com a renda que desejam garantir no futuro. Estes recursos se somam às contribuições mensais e às paritárias do patrocinador para compor o valor acumulado para a aposentadoria.

Prevcom

A Prevcom é uma entidade especializada que atua há 10 anos na gestão de benefícios previdenciários de servidores públicos. Responsável pela administração de um patrimônio de R$ 2,47 bilhões, a Fundação gerencia uma estrutura composta por 15 entes federativos em regime de multipatrocínio e planos exclusivos dos estados de São Paulo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará e Rondônia e do município de São Paulo.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior
Reflexos do Open Insurance nas áreas de controle são um dos temas de seminário na CNseg
Karini Madeira, superintendente de Acompanhamento Técnico da CNseg / Divulgação

Reflexos do Open Insurance nas áreas de controle são um dos temas de seminário na CNseg

O evento, que poderá ser acompanhado de forma presencial ou remota, é gratuito e

Próximo
Cidades brasileiras apresentam cases de boas práticas em desenvolvimento urbano sustentável

Cidades brasileiras apresentam cases de boas práticas em desenvolvimento urbano sustentável

Representantes de sete cidades brasileiras apresentaram, nesta quinta-feira

Veja também