Pelo segundo mês consecutivo, preço da gasolina se mantém abaixo de R$6, diz Edenred Ticket Log

Pelo segundo mês consecutivo, preço da gasolina se mantém abaixo de R$6, diz Edenred Ticket Log/ Foto: Unsplash
Foto: Unsplash

Região Norte foi a única que apresentou recuo no preço do combustível

A análise do Índice de Preços Edenred Ticket Log (IPTL), levantamento que consolida o comportamento de preços das transações nos postos de combustível, revelou que o preço médio do litro da gasolina chega ao final de novembro a R$ 5,83, mesmo valor identificado na primeira quinzena do mês. Em relação a outubro, houve uma redução de 1,69% no custo.

A região Norte, apesar de ter registrado uma redução de 0,31% no preço do litro da gasolina, encerrou o período com a cifra mais elevada do país, atingindo R$6,40. Os estados de Acre e Roraima mantiveram os valores mais altos, fechando em R$6,64 em comparação com a primeira quinzena de novembro. Em contrapartida, o litro mais econômico foi encontrado nos postos de abastecimento do Sul e do Sudeste, marcando R$5,73. Essa discrepância torna a gasolina aproximadamente 10% mais acessível no Sudeste e Sul em comparação com o Norte.

O estado do Rio Grande do Norte comercializou o combustível a R$5,62, liderando o ranking do preço médio mais baixo do país e alcançando a maior redução de preço no período, que foi de 1,06%. Em contrapartida, o estado de Goiás registrou o maior aumento em relação à primeira quinzena, com uma elevação de 0,71%, chegando a R$5,69.

Etanol

O etanol fechou o mês de novembro com uma alta de 0,27% no preço médio nacional em relação à primeira quinzena do mês, saindo de R$3,73 para R$3,74. Quando comparado a outubro, houve um recuo de 0,53%.

Entre as cinco regiões brasileiras, o Nordeste e o Sul registraram reduções de 0,23% e 0,25%, enquanto o Centro-Oeste, o Norte e o Sudeste apresentaram aumentos de 0,28%, 0,21% e 0,27%, respectivamente. Nas bombas, a média mais baixa para o etanol foi identificada no Centro-Oeste, marcando R$3,58, ao passo que a mais alta, atingindo R$4,68, foi encontrada no Norte. Essa disparidade confere ao Centro-Oeste uma vantagem de aproximadamente 24% no preço do etanol em comparação com o Norte.

Assim como a gasolina, o maior preço do etanol está no estado de Roraima, a R$5,02. Já o etanol mais barato de todo o território nacional foi registrado em Mato Grosso, a R$3,47. O maior aumento, de 2%, foi no estado de Goiás, que passou para R$3,57, e a maior redução, 1,30%, foi no estado de Alagoas, que passou para R$4,56.

“No encerramento de novembro, optar pelo abastecimento com etanol tornou-se mais vantajoso em 15 Estados e no Distrito Federal, enquanto a gasolina foi considerada a opção mais viável em 11 Estados, além de ser ecologicamente mais viável, por contribuir com a redução das emissões de gases responsáveis pelas mudanças climática “, comenta Douglas Pina, Diretor-Geral de Mobilidade da Edenred Brasil. De acordo com Pina, esses dados refletem a dinâmica complexa do mercado de combustíveis, sendo essencial para os consumidores e empresas entenderem as variações para melhor planejamento financeiro.

O IPTL é um índice de preços de combustíveis levantado com base nos abastecimentos realizados nos 21 mil postos credenciados da Edenred Ticket Log, com uma robusta estrutura de data science que consolida o comportamento de preços das transações nos postos, trazendo uma média precisa, que tem grande confiabilidade, por causa da quantidade de veículos administrados pela marca: mais de 1 milhão, com uma média de oito transações por segundo. A Edenred Ticket Log, marca da linha de negócios de Mobilidade da Edenred Brasil, conta com mais de 30 anos de experiência e se adapta às necessidades dos clientes, oferecendo soluções modernas e inovadoras, a fim de simplificar os processos diários.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prev
Mercedes-Benz e parceiros superam o marco de 1.000.000 de atendimentos médicos das Unidades Móveis de Saúde
Mercedes-Benz e parceiros superam o marco de 1.000.000 de atendimentos médicos das Unidades Móveis de Saúde/ Foto: Divulgação

Mercedes-Benz e parceiros superam o marco de 1.000.000 de atendimentos médicos das Unidades Móveis de Saúde

Projeto #Unindo Forças já levou atendimento médico, assistência social e vacinas

Next
O sistema de Saúde brasileiro precisa de uma Política Nacional que atenda a todos
Mara Machado, CEO do Instituto Qualisa de Gestão (IQG) / Foto: Divulgação

O sistema de Saúde brasileiro precisa de uma Política Nacional que atenda a todos

Confira artigo de Mara Machado, CEO do Instituto Qualisa de Gestão (IQG)

You May Also Like