Pioneira no seguro para carros elétricos e híbridos, Zurich relança produto com aumento na aceitação e diferenciais

Fabio Leme, Diretor Executivo de Personal Lines, Marketing & Comunicação da Zurich / Divulgação
Fabio Leme, Diretor Executivo de Personal Lines, Marketing & Comunicação da Zurich / Divulgação

Seguradora busca ampliar proteção para pessoas que buscam veículos híbridos e elétricos; Iniciativa está em linha com compromissos globais da companhia com relação à sustentabilidade

A indústria automotiva prevê o lançamento de 56 novos modelos de carros elétricos ou híbridos nos próximos 5 anos no Brasil. Atenta à demanda do mercado e apostando no transporte do futuro, a Seguradora Zurich, companhia que inovou ao ser pioneira no seguro para carros elétricos e híbridos no Brasil em 2019, está relançando o seu produto com aumento da aceitação para veículos de até R$800 mil. Com a iniciativa, a companhia espera atrair os consumidores que estão optando por veículos menos poluentes.

A proteção conta com cobertura em todo território nacional, parceria com rede de oficinas especializadas em carros elétricos e híbridos, cobertura para cabo de carregamento em caso de roubou/furto, assistência 24 horas diferenciada com atendimento Concierge, entre outras coberturas pensadas exclusivamente para este perfil de veículo.

“O aumento do limite de aceitação vai ao encontro da estratégia de inovação da Zurich e das visões de longo prazo de sustentabilidade da companhia. Além de proteger consumidores que buscam veículos com uma pegada mais sustentável, a própria seguradora anunciou que adotará uma frota de carros 100% elétrica ou híbrida até 2029 e continuará desenvolvendo serviços e coberturas voltados a veículos eletrificados”, afirma Fabio Leme, Diretor Executivo de Personal Lines, Marketing & Comunicação da Zurich.

O executivo explica que o produto ofertado pela Zurich no Brasil está em linha com o que a companhia oferece ao mercado europeu. O continente, aliás, segue com discussões mais maduras sobre a adoção da tecnologia e alguns países têm intenção de zerar as vendas de carros a combustão até 2035 – várias montadoras já estão anunciando a mudança da matriz energética de seus veículos ainda nesta década.

“Os carros elétricos e híbridos são um importante elemento de sustentabilidade em discussão na mobilidade urbana. O mercado já está se movendo com força nessa direção, e queremos proporcionar à sociedade o meio de proteção mais adequado para esse tipo de veículo”, explica Fabio.

Segundo o executivo, a aposta da companhia neste mercado não apenas acompanha as tendências globais, mas cumpre com a tarefa de contribuir para mitigar os impactos das mudanças climáticas no planeta, que compõem a maior parte dos riscos de curto e longo prazos mapeados no Global Risk Report 2023. O relatório é produzido pela Zurich. a corretora Marsh e o Fórum Econômico Mundial, entre outros parceiros, e traz um diagnóstico dos principais riscos globais esperados em um horizonte de 10 anos, a partir da perspectiva de líderes empresariais de 122 países para o tema.

De olho em toda a cadeia 

A Seguradora Zurich mantém um olhar atento sobre toda a cadeia automotiva e sua contribuição para a sustentabilidade do setor não está apenas na oferta de um seguro para veículos elétricos e híbridos.

Em 2021, a Zurich lançou, juntamente com o Instituto da Qualidade Automotiva (IQA), um Selo Verde para oficinas mecânicas parceiras engajadas com a necessidade de diminuir o impacto ambiental de suas atividades. Em 2022, a Zurich alcançou mais de 150 oficinas certificadas em todo o país – estabelecimentos que passaram a adotar melhores práticas de gestão com relação à sustentabilidade em sua operação.

O projeto beneficia todo o setor, uma vez que as oficinas certificadas atendem a todo o mercado, incluindo clientes de outras seguradoras. “Temos compromissos globais muito bem definidos com relação à sustentabilidade e buscamos incorporá-la aos nossos produtos e serviços. Tanto o seguro quanto a certificação são ótimos exemplos de como a Zurich está conduzindo a questão em seus negócios”, conclui Fabio.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior
Preço do seguro subiu 4% no mundo todo no último trimestre de 2022, indica Marsh
Preço do seguro subiu 4% no mundo todo no último trimestre de 2022, indica Marsh / Foto: Mikael Blomkvist / Pexels

Preço do seguro subiu 4% no mundo todo no último trimestre de 2022, indica Marsh

Próximo
MetLife fecha 2022 com aumento de 110% no volume de vendas no canal parcerias
Marcelo Tomei, vice-presidente comercial da MetLife / Divulgação

MetLife fecha 2022 com aumento de 110% no volume de vendas no canal parcerias

Resultado foi impulsionado por parceiros como bancos, plataformas de

Veja também