Prêmios de Inovação Bancária da Qorus e da Accenture completam 10 anos com anúncio dos vencedores de 2023

Prêmios de Inovação Bancária da Qorus e da Accenture completam 10 anos com anúncio dos vencedores de 2023/ Foto: Unsplash
Foto: Unsplash

Os prêmios homenageiam as melhores ideias e práticas que estão transformando o setor para o benefício dos bancos e de seus clientes

Qorus, uma associação global para instituições financeiras de varejo, e a Accenture anunciaram hoje os vencedores do 10º prêmio anual Qorus-Accenture, o Banking Innovation Awards durante uma cerimônia on-line interativa, que contou com a presença dos três principais vencedores em cada categoria e outros líderes em inovação bancária.

Os prêmios homenageiam as melhores ideias e práticas que estão transformando o setor para o benefício dos bancos e de seus clientes. Neste ano, a premiação atraiu mais de 450 inscrições de 182 instituições em 61 países, com candidatos que vão desde startups até as maiores instituições financeiras do mundo.

Os vencedores foram selecionados em sete categorias por meio de um processo de votação peer-based, combinado com um painel de juízes das principais empresas financeiras globais. Os vencedores do Qorus-Accenture Banking Innovation Awards 2023 são:

Banco Bradesco (Brasil) – foi nomeado Global Innovator 2023 pela dedicação contínua do banco à inovação como parte de seu compromisso de se tornar uma empresa preparada para o futuro, e por proporcionar experiências de classe mundial a seus clientes, agentes e funcionários. Isso levou ao lançamento de vários novos produtos e serviços, incluindo sua plataforma E-agro, que usa análise de dados para melhorar o acesso dos agricultores a recursos e suporte, e uma plataforma interna de comércio eletrônico que permite que os funcionários solicitem e rastreiem suprimentos corporativos. Os vice-campeões de prata e bronze, respectivamente, foram o Emirates NBD (Emirados Árabes Unidos) e o CaixaBank (Espanha).

BNP Paribas Fortis (Bélgica) – recebeu o prêmio Beyond Core Banking Offerings por sua iniciativa “HappyNest”, que oferece novas propriedades sustentáveis a clientes de aluguel que, posteriormente, podem comprar suas casas com desconto, tornando mais acessível a moradia com eficiência energética. Os vice-campeões de prata e bronze, respectivamente, foram o Standard Chartered (Cingapura) pelo “Nexus, a solução bancária como serviço” e o Ecobank (Nigéria) pelo “Ellevate”.

Bank of Montreal (Canadá) – recebeu o prêmio Core Offering Innovation pelo “BMO New to Canada”. Esse recurso de abertura de conta digital permite que candidatos qualificados de 13 países obtenham uma conta bancária padrão e uma conta de certificado de investimento garantido antes de chegar ao Canadá. Os vice-campeões de prata e bronze, respectivamente, foram o Bradesco (Brasil) pelo “Bradesco E-agro – O Parceiro Digital do Agronegócio” e o Intesa Sanpaolo (Itália) pelo “Switcho”.

ABN AMRO Asset Management (Holanda) – recebeu o prêmio Future Workforce pelo “ABN AMRO Contact Center GenAI”, que utiliza sistemas de inteligência artificial generativa que permitem que os agentes do call center respondam rapidamente às perguntas dos clientes, dando-lhes acesso imediato aos recursos de conhecimento do banco e ajudando a criar resumos pós-atendimento. Isso melhorou o desempenho dos agentes e a satisfação no trabalho. Os vice-campeões de prata e bronze, respectivamente, foram o Bradesco (Brasil) pela ” Brasupply – Plataforma interna de e-commerce” e o DBS Bank (Cingapura) pela “Força de trabalho pronta para o futuro”.

Intesa Sanpaolo (Itália) – recebeu o prêmio Neobanks & Specialized Players pelo ‘Isybank’, um banco digital que combina a robustez de um provedor de serviços bancários tradicionais com a agilidade de um neobanco. Ele oferece aos clientes um processo de integração rápido e fácil e fornece a eles uma gama diversa de serviços financeiros que podem ser acessados por meio de um aplicativo no celular. Houve mais de 22 mil downloads do aplicativo Isybank no primeiro mês após o lançamento. Os vice-campeões de prata e bronze, respectivamente, foram o Judo Bank (Austrália) por “Judo Bank: a Specialist, Pure Play SMB Lender” e o Stash (EUA) pelo “Launching Stash Core”.

Intesa Sanpaolo (Itália) – recebeu o prêmio Reimagining the Customer Experience por “Ellis: Cognitive AI & Gen AI Revolutionize Customer Service”. Esse assistente digital inteligente opera nas plataformas de aplicativo móvel, internet banking e site público do banco e usa inteligência artificial para conversar com os clientes. Ele pode executar mais de 20 tarefas e responder a perguntas sobre 200 tópicos. Os vice-campeões de prata e bronze, respectivamente, foram o HSBC (Hong Kong) pelo “Insight-led Customer Selection Engine” e o Emirates NBD (Emirados Árabes Unidos) pelo “WhatsApp Banking with Omnichannel Integration”.

Commonwealth Bank of Australia (Austrália) – recebeu o prêmio Social, Sustainable & Responsible Banking por sua “Sustainability Action Tool (SAT)”, que ajuda pequenas empresas a incorporar a sustentabilidade em suas organizações. A SAT, que está disponível no site NetBank do banco e no aplicativo CommBank, identifica como as empresas podem melhorar sua gestão de energia e de resíduos, bem como aumentar o bem-estar de seus funcionários. A ferramenta também fornece insights sobre as credenciais de sustentabilidade dos fornecedores. Os vice-campeões de prata e bronze, respectivamente, foram o Standard Bank (África do Sul) pelo ‘LookSee: Renewable Energy Through Flexible Financing” e o ING Bank (Holanda) por “Blind Faith: Enhancing Mobile Payments for the Visually Impaired”.
“É simplesmente incrível que os prêmios tenham 10 anos e continuem a crescer e melhorar a cada ano”, disse John Berry, CEO da Qorus. “Isso é um verdadeiro testemunho do papel fundamental que eles desempenham no avanço do setor bancário, reconhecendo e recompensando de forma significativa as melhores e mais brilhantes ideias transformadas em ação para que outros possam aprender e crescer. As inscrições deste ano oferecem uma rica inspiração, ilustrando como os bancos estão ampliando e diversificando seus produtos e serviços para atender e superar as necessidades e expectativas dos clientes; investindo em inovações digitais, criando novos ecossistemas e mercados, e defendendo o imperativo da sustentabilidade”.

“Nos últimos 10 anos, os bancos responderam a vários desafios – incluindo o aumento da concorrência das fintechs e os ventos contrários macroeconômicos – dobrando a inovação. Eles adotaram tecnologias como nuvem, dados e IA para criar núcleos digitais resilientes que podem ajudar a oferecer experiências mais personalizadas aos clientes e lançar novos produtos com mais rapidez. Os vencedores deste ano continuam a liderar o caminho para a transformação do setor bancário”, disse David Cordero, que lidera o grupo do setor bancário europeu da Accenture.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior
Santander lança plataforma que formaliza empreendedor em 10 minutos
Franco Fasoli, diretor do Segmento Empresas do Santander / Foto: Divulgação

Santander lança plataforma que formaliza empreendedor em 10 minutos

Banco simplifica e agiliza processo para quem busca se formalizar

Próximo
Novembro Azul: três fatores que podem aumentar o risco do câncer de próstata; diagnóstico precoce favorece a cura
Novembro Azul: três fatores que podem aumentar o risco do câncer de próstata; diagnóstico precoce favorece a cura/ Foto: Pexels

Novembro Azul: três fatores que podem aumentar o risco do câncer de próstata; diagnóstico precoce favorece a cura

Clínica da Cidade oferece atendimento humanizado e preços acessíveis para

Veja também