Projeto fixa sanções para empresas que pratiquem atos discriminatórios contra pessoas com deficiência

O Projeto de Lei 1032/22 inclui no Estatuto da Pessoa com Deficiência sanções para empresas que pratiquem atos discriminatórios contra as pessoas com deficiência.

Pela proposta em análise na Câmara dos Deputados, a pessoa jurídica que pratique, induza ou incite discriminação de pessoa em razão de sua deficiência, além da indenização por dano material, moral ou à imagem estará sujeita também à restrição de direitos e prestação de serviços à comunidade.

Quanto à restrição de direitos, após o trânsito em julgado da sentença condenatória, a pessoa jurídica ficará proibida de fazer contrato com o poder público e dele obter subsídios, subvenções ou doações por, no mínimo, dois anos e, no máximo, dez anos.

Billy Boss/Câmara dos Deputados
Discussão e Votação de Propostas. Dep. Capitão Alberto Neto PL - AM
Alberto Neto: "Medidas dão efetividade aos valores constitucionais"

Já a prestação de serviços à comunidade consistirá em custeio de programas e de projetos de fomento à proteção da pessoa com deficiência contra toda forma de negligência, discriminação, exploração, violência, tortura, crueldade, opressão e tratamento desumano ou degradante, além de execução de obras de acessibilidade nas vias e nos espaços públicos e privados abertos ao público ou de uso coletivo.

“Acreditamos que tais medidas imprimem maior efetividade social aos valores constitucionais e legais referentes à defesa de direitos das pessoas com deficiência”, afirma o deputado Capitão Alberto Neto (PL-AM), autor do projeto.

Tramitação
A proposta será analisada em caráter conclusivo pelas comissões de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

Artigo Original: Agência Câmara Notícias

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prev
Câmara pode votar PECs do estado de emergência e do piso da enfermagem nesta terça-feira

Câmara pode votar PECs do estado de emergência e do piso da enfermagem nesta terça-feira

Michel Jesus/Câmara dos Deputados Deputados em sessão do Plenário A Câmara dos

Next
Projeto inclui furto entre os crimes passíveis de prisão temporária

Projeto inclui furto entre os crimes passíveis de prisão temporária

Pablo Valadares/Câmara dos Deputados Deputado Alexandre Frota, autor do projeto

You May Also Like