SP: Primeiro BRT com frota 100% elétrica ligará São Bernardo à capital em até 40 minutos

SP: Primeiro BRT com frota 100% elétrica ligará São Bernardo à capital em até 40 minutos / Divulgação
Divulgação

O projeto de implantação do BRT-ABC, primeiro com frota 100% elétrica do Brasil, vai beneficiar mais de 200 mil passageiros por dia, que poderão percorrer o trajeto entre São Bernardo do Campo e São Paulo em até 40 minutos. Com inauguração prevista para 2025, o sistema – com 92 ônibus elétricos – conectará, ao longo de 17 km, a região do Grande ABC à capital paulista, passando também por São Caetano do Sul e Santo André.

O projeto conta com financiamento de R$ 80 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Os recursos são do Fundo Clima, programa que financia projetos de mitigação das mudanças climáticas. O investimento total previsto no empreendimento é de R$ 1,2 bilhão e a expectativa é de que sejam gerados mais de 10 mil empregos.

O financiamento do BNDES foi aprovado para a empresa ABC Sistema de Transporte SPE S.A. (Next Mobilidade), concessionária estadual responsável pelo transporte intermunicipal por ônibus da área 5 da região metropolitana de São Paulo: Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra e São Paulo.

“A liderança do presidente Lula abriu uma janela de oportunidade histórica para o Brasil liderar o processo global de transição energética. No caso do projeto do BRT-ABC, sob responsabilidade da Next Mobilidade, trata-se do primeiro do país com uma frota de ônibus 100% elétrica”, afirmou o presidente do BNDES, Aloizio Mercadante.

“O BRT do ABC inaugura um modo de transporte eficiente, limpo e integrado aos sistemas de alta capacidade de transporte da região metropolitana de São Paulo. Além de contribuírem para a mitigação da mudança climática, os ônibus elétricos não emitem gases nocivos à saúde que ficam retidos na atmosfera das grandes cidades”, explicou o chefe do Departamento de Mobilidade Urbana e Logística do BNDES, Rafael Pimentel.

Ele ressaltou ainda que, do ponto de vista social, o sistema vai trazer redução dos tempos de deslocamento e ampliação do acesso a serviços a milhares de pessoas por dia, além de ser um importante incentivo ao desenvolvimento da indústria nacional e à geração de empregos.

Projeto

O sistema vai afetar positivamente o tempo de deslocamento da população que transita diariamente das cidades do ABC paulista rumo à capital, para trabalhar, estudar e acessar serviços públicos.

Serão 16 estações de embarque e desembarque por onde circulará uma frota de veículos climatizados, silenciosos e não poluentes, em três modalidades de serviço: expresso, semiexpresso e parador. A expectativa é de que o percurso entre o Terminal São Bernardo e o Terminal Sacomã, na capital, seja feito em 40 minutos na modalidade expressa.

Além do serviço expresso, com menos paradas e velocidade média de 25 km/h, o passageiro poderá escolher outras duas opções: semiexpresso, com percurso previsto de 43 minutos, e parador, de 52 minutos. Semáforos inteligentes, faixas exclusivas e pontos de ultrapassagem entre os ônibus vão permitir o deslocamento rápido e seguro dos usuários.

Integração com metrô e trem

O BRT-ABC vai integrar os sistemas municipais ao metrô e ao trem. No Terminal Tamanduateí, haverá integração do BRT com a Linha 2 Verde do Metrô de São Paulo e a Linha 10 Turquesa da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos. Pelo Terminal Sacomã, será possível acessar o centro de São Paulo por meio do corredor Expresso Tiradentes e da Linha 2 do Metrô.

*Com informações de Agência BNDES de Notícias.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior
Cade aprova venda da Amil para empresário fundador da Qualicorp
José Seripieri Filho adquire Amil em negociação de R$ 11 bi / Reprodução

Cade aprova venda da Amil para empresário fundador da Qualicorp

Decisão foi publicada nesta quarta (17/01), no Diário Oficial da União

Próximo
AXA lança Escolha Sustentável e estimula o consumo consciente
Arthur Mitke. Vice-presidente de Operações, Sinistros e Experiência do Cliente da AXA no Brasil / Foto: Divulgação

AXA lança Escolha Sustentável e estimula o consumo consciente

Serviço faz parte do seguro para celulares e oferece aparelhos de uma categoria

Veja também