TC anuncia chegada de Eduardo Barone no conselho consultivo

Eduardo Barone, membro do conselho consultivo e acionista do TC / Foto: Reprodução / LinkedIn
Eduardo Barone, membro do conselho consultivo e acionista do TC / Foto: Reprodução / LinkedIn

Com mais de 25 anos de experiência no segmento financeiro, executivo entra para o quadro de acionistas e o conselho consultivo da plataforma, com papel fundamental na estruturação da corretora que será lançada pela empresa em curto prazo

TC, plataforma social para investidores com educação financeira, análise de dados e inteligência de mercado, divulga um importante nome do mercado como novo membro do conselho consultivo e acionista da empresa: Eduardo Barone, que irá ajudar a estruturar a corretora própria da companhia.

Cofundador da Sum Solutions – fintech que auxilia investidores institucionais a ter maior controle, governança e transparência dos seus dados por meio de uma solução inovadora –, Barone me registra mais de 25 anos de experiência no mercado financeiro. O executivo atuou como managing director do CSHG Asset Management; como head trader de Equities e Commodities da tesouraria do Itaú BBA; como head de trading e sales trading da Itaú Corretora; e como diretor executivo de Research Sales no BTG Pactual, entre outros.

“O TC sempre foi uma das minhas principais fontes de informação, seja pela comunidade, pelas notícias ou por meio da plataforma de educação. Passei de cliente a admirador e acionista por acreditar no posicionamento único de capturar as constantes mudanças e evoluções do mundo de investimentos”, afirma Barone.

Ao lado de Norberto Giangrande, anunciado em dezembro de 2022 também como acionista e membro do conselho consultivo, o executivo será responsável por auxiliar na execução da fase transacional do TC. O projeto da corretora própria, que está em aprovação do Banco Central e deve ser lançado em curto prazo, é conduzido por PH Feres, vice-presidente do TC.

Com foco na expansão e consolidação da empresa como one-stop-shop, a solução completará a oferta de uma experiência completa ao investidor, que vai de educação a serviços financeiros em um único lugar. O objetivo é que a corretora seja um ambiente completo para investimentos, permitindo inclusive movimentações em mais ativos diretamente pela plataforma. Hoje, por meio de uma parceria com a corretora Mercado Bitcoin, já é possível negociar criptoativos dentro do TC.

“Não seremos só mais uma corretora no mercado, vamos oferecer uma imersão de investimentos, baseado no estado da arte do social trading – que é a possibilidade de investir amparado por uma rede social de investidores, o grande diferencial do TC”, aponta Feres.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior
Fragilidades na segurança cibernética ameaçam soberania digital do Brasil, diz FGV
Fragilidades na segurança cibernética ameaçam soberania digital do Brasil, diz FGV / Foto: Towfiqu Barbhuiya / Unsplash Images

Fragilidades na segurança cibernética ameaçam soberania digital do Brasil, diz FGV

Lançamento do estudo aconteceu em conferência internacional na sede da FGV no

Próximo
Conheça os principais erros na hora de montar o IR 2023
Conheça os principais erros na hora de montar o IR 2023 / Foto: Sumudu Mohottige / Unsplash Images

Conheça os principais erros na hora de montar o IR 2023

Declarar o próprio Imposto de Renda não é uma tarefa fácil e precisa ter atenção

Veja também