Quinzena do Seguro

TRABALHO: Ocyan abre mais de 140 vagas para área de Manutenção e Serviços Offshore no Rio de Janeiro

O mercado de trabalho na indústria de petróleo e gás está aquecido no Brasil. Segundo levantamento da Associação Brasileira das Empresas de Serviços de Petróleo, a AbesPetro, o setor vai ofertar 500 mil vagas até 2025.

Seguindo esse ritmo de expansão, a Ocyan, empresa prestadora de serviços para o mercado de óleo e gás, está com mais de 140 vagas abertas. Essas oportunidades são para atividades na área de Manutenção e Serviços Offshore, que são realizados em plataformas, em alto mar.

Profissionais de Macaé, onde a empresa tem base de apoio logístico, e de municípios da região podem se candidatar.

O diretor de Contratos de Manutenção e Serviços Offshore da Ocyan, Vinicius Castilho, explica quais são os principais requisitos para se candidatar a uma vaga.

“Essas vagas demandam o nível de ensino médio completo. Algumas, dependendo do perfil, necessitam de algum nível de experiência, de 2 a 5 anos. Como são trabalhos que serão executados no offshore, alguns vão exigir cursos específicos de segurança.”

Entre as posições em aberto estão as de montador de andaime, com 30 vagas, caldeireiro convencional, com 50 vagas, e caldeireiro escalador N1, com 40 vagas. Há ainda vagas para inspetor de solda e delineador/técnico de planejamento de atividades industriais.

Em atividade desde os anos 1970 e com mais de 20 anos de atuação no mercado de Manutenção e Serviços Offshore, a Ocyan encoraja a diversidade e inclusão, como ressalta Vinicius Castilho.

“Com relação a essas vagas, não existe qualquer impedimento dos candidatos, sob o aspecto da diversidade, para se candidatarem. A gente incentiva [a diversidade]. Um público diverso trabalhando offshore será muito bem-vindo.”

Para se candidatar a uma das mais de 140 vagas, basta fazer o cadastro no site da empresa www.ocyan-sa.com, na aba Nossa Gente, no campo “Faça Parte da Nossa Equipe”.

Veja abaixo os requisitos para as vagas:

– Montador(a) de andaime: Ensino Médio completo, com treinamento e certificado em montagem de andaimes. Desejável mínimo de dois anos de experiência na função;

– Caldeireiro(a) convencional: Ensino Médio completo, certificado como Caldeireiro Nível 1 pelo sistema ABRAMAN ou mínimo de dois anos de experiência na função de Caldeireiro ou três anos de experiência na função de Ajudante de Caldeiraria;

– Caldeireiro(a) escalador N1: Ensino Médio completo, certificado como Caldeireiro Nível 1 pelo sistema ABRAMAN ou mínimo de dois anos de experiência na função de Caldeireiro ou três anos de experiência na função de Ajudante de Caldeiraria e possuir certificados em conformidade com a NBR 15475 (Acesso por Corda – Qualificação e Certificação de Pessoas);

– Inspetor(a) de solda LP/PM escalador N1: Ensino Médio completo e qualificado pelo Sistema Nacional de Qualificação e Certificação de Pessoal em Soldagem (FBTS). O inspetor para essa atividade poderá ser N1 e possuir certificados em conformidade com a NBR 15475 (Acesso por Corda – Qualificação e Certificação de Pessoas);

– Delineador(a) / Técnico(a) de planejamento: Ensino Médio completo com experiência em delineamento e/ou planejamento de atividades industriais.

]]>
Via: Brasil61

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prev
Qualicorp anuncia vencedores da Campanha “Campeões a Bordo”
Qualicorp anuncia vencedores da Campanha “Campeões a Bordo” / Foto: Divulgação

Qualicorp anuncia vencedores da Campanha “Campeões a Bordo”

Contemplados irão participar de cruzeiro e concorrer a prêmios

Next
Lira afirma que prioridade é reforma tributária, e não revisão de reformas já aprovadas pelo Congresso

Lira afirma que prioridade é reforma tributária, e não revisão de reformas já aprovadas pelo Congresso

Reprodução/YouTube Lira: pauta prioritária neste momento é a reforma tributária

You May Also Like