Acidentes fora do país podem causar impactos financeiros enormes; Entenda

Acidentes fora do país podem causar impactos financeiros enormes; Entenda / Foto: Negative Space / Pexels
Foto: Negative Space / Pexels

Nos Estados Unidos, por exemplo, não há um sistema público de saúde

Diversos brasileiros aproveitam a temporada de férias e/ou verão no Brasil para conhecer um destino fora do país, mas nem sempre o período de descanso e diversão é tranquilo. Situações inesperadas acontecem e, no caso de acidentes, podem existir custos que estragam qualquer viagem.

Um dos problemas mais frequentes são as lesões causadas pelas temporadas na neve – as de esqui são as que mais causam atendimentos ortopédicos em terras internacionais. É necessário, então, atendimento médico-hospitalar que, em muitos países, é privado.

Nos Estados Unidos, por exemplo, não há um sistema público de saúde. Cada atendimento médico é cobrado e isso inclui desde a consulta até o pedido de ambulância, passando por exames de imagem e remédios ou, em casos mais graves, uma cirurgia de pequena, média ou alta complexidade.

Além disso, quando o incidente ocorre em local de difícil acesso, como no caso de montanhas repletas de neve, o turista ainda pode necessitar de uma equipe especializada e até de aeronave, como um helicóptero, uma vez que ambulâncias não têm capacidade para chegar ao local. A cobrança, é bom lembrar, é feita em euro ou dólar que, atualmente, estão com a cotação nas alturas.

De acordo com Bruna Melo, COO da Ciclic, insurtech da BB Seguros, ter um seguro viagem é de grande importância em situações como essas. Além de evitar imensuráveis prejuízos financeiros, a proteção garante ao segurado a tranquilidade em todo o processo, desde o encaminhamento ao hospital até o suporte necessário em um país ao qual o paciente não está habituado.

“Sabemos que ninguém quer se acidentar ou ter qualquer problema de saúde, principalmente em momentos de lazer ou nas férias. Contudo, é preciso que as pessoas tenham essa consciência sobre o seguro e entendam que ele está ali justamente para tornar a vida mais confortável e possibilitar que a pessoa tenha o tratamento e o melhor conforto possível para sair bem da situação”, afirma Bruna.

Ainda segundo a COO, todo o processo de atendimento é realizado pela seguradora parceira da Ciclic e vale ressaltar que o seguro viagem oferece cobertura para qualquer tipo de acidente esportivo, desde que o segurado não seja um atleta profissional.

Outro ponto importante de falar é que o valor do seguro varia de acordo com o destino, o tempo de permanência do turista no exterior e a quantidade de passageiros, porém, em uma rápida simulação, podemos perceber que o valor de um seguro viagem pra 15 dias nos EUA é, em média, de R$ 300 a R$ 400 – bem inferior ao preço dos procedimentos que seriam necessários em um acidente, por exemplo.

E além do atendimento médico já citado, o seguro viagem da Ciclic engloba auxílio para extravio de bagagem ou problemas no voo, além de atendimentos para infecção por COVID-19.

Conheça melhor as coberturas:

Despesas médicas e hospitalares – cobertura de USD 35.000

O atendimento médico é garantido em caso de acidente ou doença contraída durante a viagem.

Reembolso de despesas farmacêuticas – cobertura de USD 1.000

Em caso de incidente e despesas com medicamentos, o seguro reembolsa o valor gasto para tratar da saúde.

Atendimento 24h em português

Na hora do sufoco, uma assistência especializada ajuda o turista a qualquer momento, com atendimento em português 24h, 7 dias por semana e via whatsapp.

Atraso na bagagem – cobertura de USD 200

O seguro reembolsa as despesas com itens de primeira necessidade em caso de atraso superior a 12h.

Atraso no voo – cobertura de USD 100

Se o atraso for superior a 12h, o seguro reembolsa as despesas em caso de perda de conexão ou interrupção das viagens.

Total
0
Shares
Prev
Conheça a Interface de Divulgação de Alertas Públicos (Idap)

Conheça a Interface de Divulgação de Alertas Públicos (Idap)

Você conhece a Interface de Divulgação de Alertas Públicos (Idap)?

Next
MAPFRE é reconhecida no Sustainability Yearbook 2023
MAPFRE é reconhecida no Sustainability Yearbook 2023 / Foto: Akil Mazumder / Pexels

MAPFRE é reconhecida no Sustainability Yearbook 2023

Publicação anual da S&P Global classifica as entidades mais comprometidas

Veja também