Ai, que calor!

Tudo sobre serviços financeiros, seguros e muito mais - Universo do Seguro
Reprodução

Entre os desconfortos, e até doenças, que o calor pode trazer estão a desidratação, o inchaço nas pernas, a queda de pressão e as doenças da pele.

A desidratação pode acometer adultos e crianças, mas os idosos sofrem com maior frequência. Assim, todos precisam ficar alertas e tomar até dois litros de água por dia, ou um copo cheio a cada 2 horas, mesmo que você não estiver com sede

Quando estiver em casa, assistindo um filme ou até executando tarefas domésticas, tenha uma garrafa sempre à mão. No trabalho, ela pode ficar na sua mesa. Leve-a também para a academia e para os passeios — ao ar livre ou não.

Os sintomas da desidratação são: desorientação (confusão mental), moleza no corpo e a urina fica mais concentrada. Isso pode causar o aparecimento de pedra nos rins. e pode haver surgimento de pedra nos rins, já que a urina fica mais concentrada.

O calor intenso pode causar inchaço nas pernas, principalmente em quem passa horas trabalhando sentado. Isso acontece porque o retorno do sangue ao coração é mais lento que o normal e as pernas acabam inchando. Para evitar o desconforto, o ideal é fazer atividade física. Caminhadas ajudam (e muito) nesse caso.

Queda de pressão também é mais comum nos dias quentes porque as artérias ficam mais dilatadas dando mais espaço para o sangue circular. Dessa forma, a pressão se torna insuficiente para que o sangue atinja o corpo todo. Quando a pressão arterial cai, normalmente, a pessoa sente tontura e a vista fica embaçada, podendo desmaiar.

O problema pode ser evitado se você beber muito líquido, entre eles, isotônicos. A ingestão de sal não é recomendada, pois demora para fazer efeito no organismo. Além disso, pode aumentar a pressão de hipertensos.

Já na pele é muito comum o surgimento de micoses e herpes. A exposição solar, além de contribuir para o aparecimento de câncer de pele, é propício para quem tem o vírus do herpes. Altamente transmissível, o vírus se espalha por meio de bolhinhas de água que estouram.

O uso de protetor solar é fundamental para prevenir o câncer de pele e ajudar a evitar as crises de herpes. Para as micoses, não sente diretamente na areia da praia e não use roupa de banho molhada por muito tempo. Ao sair do mar ou da piscina, enxugue bem o corpo, principalmente nas regiões de dobras e entre os dedos das mãos e dos pés.

Agora, é só curtir o verão!

Posts relacionados 5 dicas para melhorar sua saúde mental

Uma pesquisa do Instituto Ipsos, encomendada pelo Fórum Econômico Mundial, revelou que 53% dos brasileiros tiveram seu bem-estar mental afetado Leia mais

O que muda no atendimento odontológico com a Varíola do Macaco?

A Varíola do Macaco é uma doença viral causada pela Monkeypox, do gênero Orthopoxvirus e família Poxviridae. A transmissão pode Leia mais

O post Ai, que calor! apareceu primeiro em Blog da Seguros Unimed.

Via: Seguros Unimed

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prev
Projeto assegura livre acesso de entidades de proteção animal a centros de zoonoses

Projeto assegura livre acesso de entidades de proteção animal a centros de zoonoses

Paulo Sergio/Câmara dos Deputados Fred Costa espera que medida evite abusos O

Next
Apenas 8% da população brasileira têm planos de previdência, revela estudo da Fenaprevi

Apenas 8% da população brasileira têm planos de previdência, revela estudo da Fenaprevi

Dados inéditos da Federação indicam que 10,8 milhões de pessoas possuem

You May Also Like