Autoconhecimento e autoestima ajudam em sua marca pessoal

Autoconhecimento e autoestima ajudam em sua marca pessoal / Foto: Andrea Piacquadio / Pexels
Foto: Andrea Piacquadio / Pexels

Confira artigo de Maria de Fátima Fernandes, Mentora em Protagonismo Feminino e estrategista de imagem e comportamento

A imagem pessoal para corretores é importante porque reflete a confiança e o profissionalismo que os clientes esperam de um corretor.

Isso inclui uma atenção à aparência, comportamento profissional, ético e habilidades de comunicação eficazes. Além disso, os corretores precisam manter uma boa confiança e construir relacionamentos fortes com os clientes.

Corretores de seguros, o tema é Imagem Pessoal. A primeira situação que precisamos saber é: o que é Imagem?

Nossa Imagem é formada pelos seguintes pilares:

  • A parte visual ou estética;
  • Comportamento;
  • Comunicação;
  • Posicionamento online e offline.

E para que a nossa imagem pessoal seja percebida de forma positiva, todos estes pilares precisam estar em perfeita harmonia.

Essa percepção é definida da forma como os outros nos veem, além de ser baseada na maneira como nos apresentamos que compreende a boa comunicação, o comportamento adequado e até mesmo como nos posicionamos diante do previsto e / ou inusitado.

Nossa imagem pessoal é essencial para criar relacionamentos saudáveis e sermos profissionais bem-sucedidos.

E o primeiro passo para desenvolvermos a nossa imagem pessoal é o autoconhecimento.

Quando sabemos quem somos externamos o que somos, de fato, e isso é fundamental para conectar com pessoas, ter bons relacionamentos e construir uma imagem positiva, pois nos empodera e com isso conseguimos lidar com nossas emoções, forças e fraquezas.

Desenvolvemos a autoconfiança e isso nos faz enxergar como únicos e que não precisamos ser cópias de outras pessoas.

Além disso, é super importante saber para quem e o que desejamos comunicar, de forma objetiva, clara, assertiva e empática.

Nosso comportamento também é outro pilar fundamental para a percepção de nossa imagem pessoal, gentileza, cortesia, respeito, nos ajuda a criar uma rede de relacionamentos de forma mais saudável e pautada pela ética e comprometimento com o outro.

De nada adianta se trabalharmos toda a nossa parte estética e visual, nossa comunicação e comportamento se não conseguimos sustentar quem somos no online e offline.

Muitos profissionais acabam usando o Marketing Pessoal de forma errada, construindo personagens que ao longo do tempo não se sustentam. Isso gera muito mais que ruídos de imagem, afeta diretamente a credibilidade e reputação, requisitos fundamentais não só nos negócios como na vida.

Preste atenção nos 3 Cs da imagem pessoal: Clareza, Consistência e Coerência. Juntos, eles ajudam a criar uma imagem pessoal forte e confiável, o que é essencial para qualquer profissional; especialmente corretores, que lidam diretamente com os clientes e precisam transmitir confiança.

Aqui, termino com algumas recomendações que podem contribuir com o seu desempenho, além de favorecer sua marca.

  • Vista-se de forma adequada e elegante sempre respeitando quem você é;
  • Pratique a sua comunicação;
  • Fique atento ao seu comportamento e se preciso trabalhe suas emoções;
  • Etiqueta não saiu de moda;
  • Seja a mesma pessoa no online e offline.

Que a sua imagem pessoal te ajude rumo ao sucesso. Até o próximo encontro.

Deseja se aprofundar no assunto e ter minha mentoria? Anote minhas redes sociais
e vamos conversar: @amariadefatimamentora.

*Maria de Fátima Fernandes – Mentoria em Protagonismo Feminino e estrategista de
imagem e comportamento
.

Total
0
Shares
Anterior
Crises de choro e cólicas em bebês

Crises de choro e cólicas em bebês

Você sabe que são as cólicas intestinais pode causar choro contínuo em bebês?

Próximo
Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional repassa, nesta semana, mais de R$ 5,3 milhões para ações de defesa civil
Universo do Seguro

Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional repassa, nesta semana, mais de R$ 5,3 milhões para ações de defesa civil

O Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional (MIDR), por meio da

Veja também