Carga tributária de produtos de páscoa pode chegar a 40%

Carga tributária de produtos de páscoa pode chegar a 40% / Foto: Egor Lyfar / Unsplash Images
Foto: Egor Lyfar / Unsplash Images

Caixa de bombons e vinho lideram o ranking de tributos de estudo elaborado pela BDO

Neste ano, os ovos de Páscoa podem não ser tão doces para o bolso dos consumidores. Embutidos em produtos como bombons, colomba pascal e bacalhau, estão tributos como PIS, Cofins, IPI e ICMS. De acordo com estudo feito pela BDO, juntos, eles formam uma carga tributária que pode chegar a até 40,75% em itens consumidos nesta época.

O vinho é o campeão de tributos, chegado aos 40,75%, seguido dos bombons, com 35,89%. Estão na lista ainda, os ovos de páscoa, coelho de pelúcia, colomba pascal, azeite, bacalhau, peixe e a batata in natura, esta última desonerada destes tributos.

Confira abaixo o ranking dos itens pesquisados:

Divulgação

“Considerando as discussões a respeito da reforma tributária e a unificação de todos os tributos aplicáveis no consumo em um único tributo, denominado IBS (Imposto sobre Bens e Serviços), com a alíquota única estimada em 25%, acarretará uma diminuição para alguns casos, para outros acarretará um aumento da carga tributária”, reitera Márcio Melo, sócio de TAX da BDO.

De acordo com ele, algumas sistemáticas como alíquotas diversificadas e cashback, que também estão em discussão nesta reforma tributária, poderão equalizar tais oscilações entre a carga tributária atual e a que estará vigente. “É importante lembrar, porém, que estes mecanismos deverão ser aplicados apenas em setores ou situações especificas”, explica.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prev
Prefeito do Rio, Eduardo Paes estará na FIDES Rio 2023
FIDES Rio 2023: Participe e conecte-se com os maiores players do mercado, do Brasil e do exterior / Reprodução

Prefeito do Rio, Eduardo Paes estará na FIDES Rio 2023

Encontro acontecerá entre os dias 24 e 26 de setembro

Next
Brasil tem densidade de médicos similar à do Japão, Estados Unidos e Canadá
Júlia De Castilho Lázaro, fundadora da MitFokus / Foto: Divulgação

Brasil tem densidade de médicos similar à do Japão, Estados Unidos e Canadá

Entretanto, a falta de profissionais em lugares mais afastados dos centros

You May Also Like