Cinco cidades brasileiras entram em situação de emergência devido a desastres naturais

A Defesa Civil Nacional reconheceu situação de emergência em mais cinco cidades do País atingidas por desastres naturais. A portaria com os reconhecimentos federais foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira (18). Confira neste link.

Os municípios de Maracás, Pilão Arcado e Tremedal, na Bahia, passam por um período de estiagem. Já Palmeirina, em Pernambuco, foi atingida por chuvas intensas. No Sul, Cordilheira Alta, em Santa Catarina, registrou queda de granizo.

Como solicitar recursos federais

Após a concessão do status de situação de emergência ou de estado de calamidade pública pela Defesa Civil Nacional, os municípios atingidos por desastres estão aptos a solicitar recursos do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) para atendimento à população afetada. As ações envolvem restabelecimento de serviços essenciais e reconstrução de equipamentos de infraestrutura danificados.

A solicitação deve ser feita por meio do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2iD). Com base nas informações enviadas, a equipe técnica da Defesa Civil Nacional avalia as metas e os valores solicitados. Com a aprovação, é publicada portaria no DOU com a especificação do montante a ser liberado.

Capacitações da Defesa Civil Nacional

A Defesa Civil Nacional oferece uma série de cursos a distância para habilitar e qualificar agentes municipais e estaduais para o uso do S2iD. As capacitações têm como foco os agentes de proteção e defesa civil nas três esferas de governo. Confira neste link a lista completa dos cursos.

]]>Via: Brasil61

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prev
Abre Campo, em Minas Gerais, vai receber R$ 524,8 mil para ações de defesa civil

Abre Campo, em Minas Gerais, vai receber R$ 524,8 mil para ações de defesa civil

A cidade de Abre Campo, em Minas Gerais, vai receber R$ 524,8 mil para ações de

Next
Sexta Turma veda atuação da guarda municipal como força policial e limita hipóteses de busca pessoal
Universo do Seguro

Sexta Turma veda atuação da guarda municipal como força policial e limita hipóteses de busca pessoal

A Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) reforçou o entendimento de

You May Also Like