Como a automação permite que as empresas atendam aos objetivos de sustentabilidade

Roberto Marques, gerente geral da divisão CNC na Mitsubishi Electric Brasil/ Foto: Divulgação
Roberto Marques, gerente geral da divisão CNC na Mitsubishi Electric Brasil/ Foto: Divulgação

Por Roberto Marques, gerente geral da divisão CNC na Mitsubishi Electric Brasil

Empresas inovadoras já têm no seu radar de que para alcançar seus objetivos de sustentabilidade é preciso adotar uma visão holística dos meios de produção – uma abordagem que requer assumir desafios. Pesquisas indicam que os princípios ESG (Environmental, Social and Governance) subiram para o topo da lista de prioridades para as organizações líderes em todo o mundo – na verdade, 60% já se comprometeram com emissões líquidas zero de gases de efeito estufa (GEE), segundo a consultoria PwC.

Mas definir ações ousadas como metas líquidas zero só funciona com planos bem pensados para atingir esses objetivos de sustentabilidade, juntamente com métodos para mensurar se a organização está no caminho certo para alcançá-los.

Por isso, para incorporar a sustentabilidade ao negócio como uma vantagem competitiva e apoiar a construção de uma sociedade mais justa, é preciso ir além do básico e uma das alternativas é a implementação de soluções em automação e análise de dados nas instalações e chão de fábrica.

A automação pode desempenhar um papel significativo no apoio aos objetivos de sustentabilidade, melhorando a eficiência operacional, reduzindo o consumo de recursos e minimizando o impacto ambiental. Ao aproveitar as capacidades de melhoria oferecidas por tecnologias como a robótica, a inteligência artificial e a IoT, as empresas podem otimizar os seus processos de produção, aumentar a segurança dos trabalhadores e alcançar resultados sustentáveis.

Automação é a base da Indústria 4.0 e da sustentabilidade

As tecnologias de automação – desde sistemas de gerenciamento abrangentes e análises até o controle final – são os pilares da Indústria 4.0, funcionando como um sistema nervoso central para a manufatura, permitindo que os operadores obtenham dados em tempo real, monitorando e controlando com segurança as operações.

Para ajudar a reduzir o consumo de energia e melhorar a eficiência da produção, sistemas de automação podem otimizar todo o ciclo de vida da produção, desde o projeto até a manutenção. Ao aproveitar as sinergias combinadas de controladores e softwares de visualização, é possível aliar alto desempenho, redução de custos, confiabilidade e sustentabilidade.

Além disso, recursos como manutenção preditiva e monitoramento de emissões podem fornecer às organizações visibilidade em tempo real, entregando insights que geram registros precisos para identificar melhorias nos processos e impulsionar os objetivos ESG.

Ao final, o que temos é que somente com a implementação de sistemas inovadores, incluindo soluções de automação, será realmente possível impulsionar e atingir os objetivos de sustentabilidade, gerando mais valor para o negócio e seus stakeholders.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior
Clientes terão chance de arrematar Porsche 911 blindado em leilão organizado pela Copart
Clientes terão chance de arrematar Porsche 911 blindado em leilão organizado pela Copart/ Foto: Unsplash

Clientes terão chance de arrematar Porsche 911 blindado em leilão organizado pela Copart

Nos certames desta semana ainda estarão disponíveis automóveis de marcas

Próximo
Sancor Seguros adota novo slogan que destaca a sustentabilidade em seus negócios
Sancor Seguros adota novo slogan que destaca a sustentabilidade em seus negócios / Foto: Divulgação

Sancor Seguros adota novo slogan que destaca a sustentabilidade em seus negócios

Veja também