Como preparar seu e-commerce para o ano de 2023

Como preparar seu e-commerce para o ano de 2023 / Foto: CardMapr.nl / Unsplash Images
Foto: CardMapr.nl / Unsplash Images

Confira artigo de Juliana Vital, da Nubimetrics

Um estudo recente da Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo destacou que 85% das pessoas escolhem marketplaces para fazer suas compras online, sendo o Mercado Livre o mais importante do país. Por isso, é importante que ao estar nesses espaços, o vendedor esteja preparado para as principais datas do ano, como Dia do Consumidor, Dia Das Mães, Dia dos Pais, e a mais importante do ano para as vendas: a Black Friday.

E como estamos no primeiro mês do ano, faz sentido rever, analisar e atualizar estratégias para que os vendedores se adaptem a um cenário que promete mais oscilações. Portanto,  o que fará a diferença será ter sempre em mãos dados e ferramentas que forneçam informações de qualidade e precisas para realizar três ações principais:

1- Estudar o mercado e se aventurar em novos nichos 

É importante ter um amplo conhecimento da oferta e da demanda no nicho de mercado onde é comercializado. O e-commerce é muito dinâmico, os players vêm e vão o tempo todo. Garantir um ano de crescimento dependerá da nossa capacidade de adaptação às mudanças e de novas oportunidades em outros nichos, para isso precisa conhecer as oportunidades por categorias, encontrar nichos de demanda insatisfeita, acompanhar o mercado.

2 – Conhecer e monitorar a concorrência sempre

No e-commerce, encontramos diferentes tipos de vendedores, desde top-sellers até novatos. Ambos desenvolvem estratégias de precificação, publicação e envio que devem ser constantemente estudadas e, claro, superadas. Aqui a chave é a informação para gerar uma rápida e assertiva tomada de decisão .

3 – Se alinhar com a demanda

Conhecer em detalhe o que o usuário quer e como ele busca faz parte das melhorias na experiência de compra. Interpretar a sua necessidade e incorporar as palavras que usam na nossa oferta é um grande passo que impacta diretamente no posicionamento do seu anúncio e também na conversão.

O fenômeno inflacionário atingiu não só o Brasil, mas também grandes economias da América e da Europa, e isso gerou aumentos e flutuações nos preços, com maior força nos nichos de alimentos, bebidas, transporte e higiene pessoal. O impacto desse cenário macroeconômico pode ser percebido na Black Friday, onde pela primeira vez o faturamento bruto no e-commerce sofreu  alguma queda em relação ao ano anterior, como aponta levantamento feita pela NielsenIQ|Ebit, porém há de se considerar que 2021 ainda tinha efeito pandemia no resultado de crescimento,  2022 e 2023 as taxas de crescimento retornam ao patamar pré-pandemia, o que já é bastante positivo, seguir crescendo mesmo que comparando com números gigantescos do período da pandemia.

Diante desse contexto, o desafio para 2023 será trazer criatividade às estratégias de venda para que variações não impactem negativamente nos negócios online de marcas e sellers, assim como, se manter em dia com as atualizações, tendências e informações.

*Juliana Vital é Global Chief Revenue Officer na Nubimetrics. Publicitária, com pós-graduação em administração pela FGV, entrou no mundo digital logo no início da carreira, que tem mais de 17 anos. É especialista em reposicionamento de produtos, diagnóstico de operações de empresas e reestruturação completa (da linha de produtos, receitas, processos e estrutura) com foco em aumento de receita e eficiência.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prev
Janeiro registra 92 pedidos de recuperação judicial, revela Serasa Experian
Janeiro registra 92 pedidos de recuperação judicial, revela Serasa Experian / Foto: Wesley Tingey / Unsplash Images

Janeiro registra 92 pedidos de recuperação judicial, revela Serasa Experian

Desde agosto de 2021, Serviços segue como setor responsável pelo maior volume de

Next
Bradesco Seguros conta com força-tarefa para atender sinistros no Litoral Norte de SP
Bradesco Seguros conta com força-tarefa para atender sinistros no Litoral Norte de SP / Foto: Reprodução

Bradesco Seguros conta com força-tarefa para atender sinistros no Litoral Norte de SP

You May Also Like