Em temporada de fortes chuvas, Porto Serviço disponibiliza prestadores de serviço para auxiliar população do Rio de Janeiro

Em temporada de fortes chuvas, Porto Serviço disponibiliza prestadores de serviço para auxiliar população do Rio de Janeiro
Divulgação / Porto

Desde o último fim de semana, a Porto Serviço empenha seus prestadores de serviços para auxiliar no resgate de pessoas impactadas pelos alagamentos provenientes das fortes chuvas que atingem alguns municípios do Rio de Janeiro. Até o momento, as equipes da Porto auxiliaram na travessia de quase 30 pessoas isoladas em decorrência dos incidentes causados pelas cheias.

Além do auxílio nos resgates, foram distribuídas ainda 140 marmitas e 10 cestas básicas para a população em situação de vulnerabilidade. Ao todo, foram destinados para a operação sete prestadores da Porto Serviço, que contam com uma picape própria para atuação em alagamentos, uma moto aquática, além de cinco motocicletas especiais.

Durante os próximos dias, as equipes da Porto Serviço permanecerão nos municípios da região, prestando todo o auxílio necessário à população atingida pelos fenômenos climáticos que estão impactando a vida dos moradores locais. Além da Região Metropolitana do Rio de Janeiro, também foram afetadas pelas fortes chuvas dos últimos dias a capital e a Baixada Fluminense.

Foto: Divulgação / Porto
Foto: Divulgação / Porto
Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior
Lei que reajusta os contratos de prestação dos serviços ao SUS é publicada no Diário Oficial
Lei que reajusta os contratos de prestação dos serviços ao SUS é publicada no Diário Oficial/ Foto: Ricardo Stuckert / PR

Lei que reajusta os contratos de prestação dos serviços ao SUS é publicada no Diário Oficial

Sanção aconteceu na terça-feira (16); Confederação das Santas Casas e Hospitais

Próximo
La Niña pode impactar o agronegócio brasileiro em 2024
La Niña pode impactar o agronegócio brasileiro em 2024/ Foto: Unsplash

La Niña pode impactar o agronegócio brasileiro em 2024

Projeções indicam início do fenômeno para junho

Veja também