Quinzena do Seguro

Executivo da Prudential classifica 2023 como um ano de consolidação de parcerias 

Fabiano Vidal, diretor de Parcerias Comerciais da Prudential do Brasil / Foto: Divulgação
Fabiano Vidal, diretor de Parcerias Comerciais da Prudential do Brasil / Foto: Divulgação

Confira artigo de Fabiano Vidal, diretor de Parcerias Comerciais da Prudential do Brasil

O ano de 2022 foi muito importante para a trajetória de crescimento da Prudential do Brasil no país. Foi quando alcançamos 3,2 milhões de vidas protegidas e a expressiva marca de R$ 3 bilhões em benefícios pagos. Um ano em que registramos recordes de faturamento, contabilizando R$ 424 milhões somente em novembro. De acordo com os dados da Superintendência de Seguros Privados (Susep), no acumulado de janeiro a novembro, a Prudential obteve um crescimento de 20%, acima dos 13,8% do mercado. Com orgulho, afirmo que o Brasil é o terceiro maior mercado da Prudential no mundo e um dos maiores motores de crescimento da companhia. 

E nenhuma empresa atinge esse nível de maturidade sozinha. A proximidade e a confiança que estabelecemos com os nossos parceiros comerciais são fundamentais para potencializar negócios. Uma série de melhorias foram implementadas para atingirmos maior eficiência operacional e gerar maior valor agregado aos nossos produtos, sempre atentos às necessidades dos atuais e futuros clientes.

Nos últimos cinco anos, a Prudential do Brasil investiu cerca de R$ 1 bilhão em tecnologia e pretende aplicar o mesmo valor para os próximos quatro anos. Com foco na modernização do atendimento ao cliente, a companhia vem aprimorando tecnologias de inteligência artificial e machine learning para oferecer produtos cada vez mais customizados. Com um mercado dinâmico e cada vez mais digital, as novas tecnologias vêm como uma alavanca exponencial de crescimento do setor.

Hoje, temos um novo perfil de consumidor, muito mais exigente e com poder de escolha nas mãos. Pensando neles, lançamos produtos inéditos e alguns facilitadores para a contratação do seguro, como a cobertura para doenças graves de forma direta e não apenas como proteção adicional de um seguro de vida básico. Mantendo nosso pioneirismo no mercado, lançamos o Prudential Minha Primeira Proteção, cobertura de doenças graves em crianças e adolescentes entre 2 e 13 anos.

Também tornamos o processo de contratação muito mais fácil. Para agilizar e simplificar a aprovação de riscos, flexibilizamos a tabela de requerimentos e excluímos a exigência de exames médicos nas propostas de clientes com até 49 anos e capital segurado de até R$ 3 milhões. Com a nova tabela, o limite do resseguro facultativo também aumenta, passando do mínimo atual de R$ 6 milhões para a acima de R$ 8 milhões. Isso torna a companhia mais competitiva para seus parceiros e contribuirá para os negócios de maior valor de capital segurado.

Outra novidade foi a ampliação do uso de tele entrevistas na contratação de seguro de vida individual, substituindo as entrevistas médicas presenciais. Também aumentamos nosso limite de capital segurado em caso de cobertura de morte podendo chegar a até R$ 100 milhões, a maior proteção disponível no mercado brasileiro de seguro de vida individual. Considero importante lembrar que a Prudential do Brasil foi a primeira seguradora a anunciar o pagamento de benefício por Covid-19, durante a pandemia, apesar da cláusula que excluía pandemias e epidemias dos contratos de seguros de vida. Até o fim do ano passado, foram mais de R$ 300 milhões em indenizações pagas.

Estamos completando 25 anos de operação no Brasil e somos a maior seguradora independente do ramo de pessoas no país. No início deste ano celebrativo, anunciamos as mudanças na estrutura da alta liderança: Patricia Freitas assumiu a presidência e a posição de CEO da Prudential do Brasil, após atuar por quase oito anos na vice-presidência de Parcerias Estratégicas Multicanais da seguradora. Patricia irá liderar uma frente importante de diversidade e contribuirá para uma cultura mais inclusiva e um ambiente de trabalho múltiplo e plural, com lideranças engajadas e uma maior equidade de gênero.

Já o executivo David Legher, que ocupava o cargo de CEO até dezembro passado, se torna o presidente regional da América Latina, reforçando a estratégia global da seguradora de investir em mercados emergentes e reafirmando a representatividade do Brasil. Ambos os executivos darão continuidade a essa jornada de crescimento que vimos até aqui. 

Nossa expectativa para 2023 é ir além dos patamares alcançados até agora. Queremos levar nossa visão centrada no cliente para os nossos parceiros comerciais, investir mais em tecnologia e inovação, simplificar processos, aumentar nossa eficiência operacional, aprimorar a experiência do cliente. Sabemos que o mercado de seguros está cada vez mais competitivo e investir em parcerias nos abre um grande leque de oportunidades e contribui para a aceleração do desenvolvimento da indústria de seguros no Brasil.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prev
Volta às aulas: saiba como montar uma lancheira saudável para as crianças

Volta às aulas: saiba como montar uma lancheira saudável para as crianças

A alimentação tem papel fundamental em todas as etapas da vida, mas bons hábitos

Next
Sompo comemora crescimento de 20% em Niterói (RJ) e reúne corretores de seguros para alinhar estratégias para 2023
Sompo comemora crescimento de 20% em Niterói (RJ) e reúne corretores de seguros para alinhar estratégias para 2023 / Foto: Divulgação

Sompo comemora crescimento de 20% em Niterói (RJ) e reúne corretores de seguros para alinhar estratégias para 2023

Durante café da manhã realizado na Filial Niterói, Eduardo Fazio, Leilane Ramos

You May Also Like