Quinzena do Seguro

Mais 15 cidades gaúchas obtêm reconhecimento federal de situação de emergência por estiagem

O estado do Rio Grande do Sul passa por sérios problemas de estiagem. Nesta sexta-feira (3), mais 15 municípios obtiveram reconhecimento de situação de emergência, segundo o Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional. A medida foi publicada na edição desta sexta-feira (3) do Diário Oficial da União (DOU).

Estão na lista as cidades de Araricá, Cacequi, Capitão, Chiapetta, Guarani das Missões, Mato Queimado, Morro Redondo, Pinheirinho do Vale, Roque Gonzales, Santo Augusto, Taquari, Tiradentes do Sul, Três Palmeiras, Triunfo e Turuçu. Ao todo, 110 municípios do Rio Grande do Sul estão com reconhecimento federal de situação de emergência vigente por conta da estiagem.

“A estiagem que vem afetando a Região Sul nos últimos anos, em especial o Rio Grande do Sul, é motivada pelo fenômeno La Niña, que atua no Oceano Pacífico tropical e gera problemas de falta de chuva na região. O problema foi acentuado nos últimos meses por conta das temperaturas mais altas e da radiação solar mais acentuada. Com isso, ocorre uma maior evaporação de água presente no solo, aumentando ainda mais o problema da escassez hídrica no local”, explica o coordenador-geral de Gerenciamento de Desastres da Defesa Civil Nacional, Tiago Schnorr.

Além das cidades gaúchas, outros 11 municípios da Bahia, Ceará, Minas Gerais e Santa Catarina obtiveram o reconhecimento federal por conta de desastres naturais, nesta sexta.

]]>
Via: Brasil61

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prev
Repasse: 18 cidades recebem R$ 2,5 milhões para ações de defesa civil

Repasse: 18 cidades recebem R$ 2,5 milhões para ações de defesa civil

O Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional (MIDR), por meio da

Next
CONCESSÃO FLORESTAL: projeto permite exploração sustentável de áreas ambientais

CONCESSÃO FLORESTAL: projeto permite exploração sustentável de áreas ambientais

Os trabalhos do Congresso Nacional começam, oficialmente, nesta quinta-feira

You May Also Like