MAPFRE encerra 2022 com crescimento de 45% em prêmios e lucro de € 144 milhões

MAPFRE encerra 2022 com crescimento de 45% em prêmios e lucro de € 144 milhões / Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

País obteve o crescimento mais expressivo entre as regiões em que a seguradora opera. Com € 4,8 bilhões em prêmios, Seguros Gerais foram os que mais contribuíram para o resultado positivo, seguidos pelos ramos de Vida e Automóvel

A MAPFRE, uma das principais companhias em prestação de serviços no mercado segurador, obteve resultados financeiros expressivos no ano de 2022. A unidade brasileira do Grupo registrou um crescimento de 45% em emissão de prêmios na comparação com 2021, atingindo € 4,8 bilhões em volume total. O forte resultado foi impulsionado, principalmente, pela evolução da diversificação dos negócios firmados pela companhia ao longo dos últimos 12 meses e pela valorização do real no período — cerca de 18%.

O avanço de 45% na arrecadação em prêmios foi o mais alto entre todas as regiões em que o Grupo MAPFRE opera no mundo, posicionando-se à frente do crescimento que a seguradora obteve na América do Norte (25%), América Latina Sul (23%) e Ibéria (0,4%).

Na análise sobre ramos, os Seguros Gerais foram os que mais contribuíram para os negócios da companhia no Brasil, com € 2,7 bilhões em prêmios, um aumento de 58% no período de um ano. O segmento de Vida também obteve um bom desempenho em prêmios, com € 1,5 bilhão arrecadados (crescimento de 30%), seguido pelos seguros de Automóvel, com € 623 milhões (35,1%).

Na avaliação do CEO da MAPFRE no Brasil, Fernando Pérez-Serrabona, os resultados positivos refletem a solidez da companhia, que, com eficiência operacional e resiliência frente aos desafios econômicos, conseguiu realizar investimentos que tornaram seu modelo de negócios competitivo.

“O Brasil é estratégico para os negócios da companhia e um dos mercados com maior potencial de crescimento no setor de seguros. Temos objetivos claros para seguir com precisão e sustentabilidade em nossos ramos de atividade. Nossos investimentos em melhoria de processos internos e na experiência do cliente, principalmente, com modelos de tarifação e subscrição adequados a realidade do mercado e incremento da oferta multicanal, contribuíram de forma significativa para os resultados observados em 2022, traçando um horizonte promissor para 2023”, explica o executivo.

Lucro da MAPFRE cresce 93% no Brasil

Em 2022, o Brasil se firmou como a segunda região mais relevante para as receitas globais do Grupo MAPFRE, com pouco mais de 24% de participação em prêmios, atrás de Portugal e Espanha, que detém, juntos, 37% da fatia dos negócios globais.

O lucro da MAPFRE no Brasil alcançou € 144 milhões em 2022, 93% a mais do que no ano anterior. Os números refletem a evolução dos negócios no segmento Vida Risco, cujo lucro cresceu consideravelmente, passando de 2 milhões para € 54 milhões, fruto da diminuição da taxa de sinistralidade derivada do Covid-19. Da mesma forma, o lucro do negócio agrícola cresceu 143% frente a 2021, apesar do impacto da seca no norte e sul do país.

MAPFRE no mundo

No consolidado de 2022, o Grupo MAPFRE atingiu globalmente € 24,5 bilhões em prêmios, o que representa um aumento de quase 11% na comparação com 2021. O resultado reflete uma melhora geral do negócio de seguros em praticamente todas as regiões, com aumentos significativos na América Latina e América do Norte, bem como nos negócios de resseguro e grandes riscos, além da valorização de quase todas as moedas em relação ao euro.

Já com relação aos lucros, a MAPFRE atingiu a cifra de € 642 milhões, uma redução de 16% na comparação com 2021. As elevadas taxas de inflação nos mercados e o aumento da sinistralidade de automóveis e decorrente de eventos climáticos impactaram as contas da companhia. Do lado positivo, contribuíram a evolução de novos negócios na América Latina e os resultados da MAPFRE RE, a resseguradora do grupo, além do desempenho nos ramos de Seguros Gerais e Vida.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prev
Ato público defende a democracia e o Parlamento, um mês após atos golpistas contra os Três Poderes

Ato público defende a democracia e o Parlamento, um mês após atos golpistas contra os Três Poderes

Exatamente um mês após os atos golpistas de 8 de janeiro, servidores,

Next
Levantamento aponta que modelo de trabalho híbrido flexível é o preferido entre os colaboradores
Lívia Brandini, CEO da Kultua / Foto: Marcio Pilot / Divulgação

Levantamento aponta que modelo de trabalho híbrido flexível é o preferido entre os colaboradores

Pesquisas realizadas pela Kultua, peopletech brasileira pioneira em Diagnósticos

You May Also Like