Pesquisa aponta que 33% dos brasileiros vão usar o Carnaval para recarregar as energias

Pesquisa aponta que 33% dos brasileiros vão usar o Carnaval para recarregar as energias / Foto: Pixabay
Foto: Pixabay

Newa, consultoria em DE&I e saúde emocional para as organizações, aponta que momentos de pausas não devem ficar só no Carnaval, mas no ano todo

Segundo levantamento feito pelo Google, respondido por 1.500 brasileiros com mais de 18 anos, um terço (33%) das pessoas afirmam que não vão viajar durante a pausa do Carnaval e usarão os dias para descansar. Já para quem vai se preparar para pegar estrada (10% dos entrevistados), a maioria, 43%, diz que vai viajar para descansar em destinos próximos à natureza.

Esses dados mostram um cenário em que descansar de forma efetiva é um desejo de vários brasileiros que estão em no mundo corporativo com demandas e grandes responsabilidades, e que precisam de momentos de “fuga” para recarregar as energias. Porém, para a Newa, empresa de consultoria em DE&I e saúde emocional para as organizações, esses momentos não devem ser uma necessidade só no Carnaval, mas durante o ano todo.

“Os momentos de descanso são importantes para nos conectarmos com nós mesmos e criarmos uma consciência das nossas emoções. Após esses períodos de pausa, descanso e lazer, conseguimos nos conectar com o nosso mundo interno e consequentemente nos relacionar melhor com os outros”, aponta a CEO da Newa, Carine Roos.

Essa atitude deve ser levada para todo 2023. É necessário que as lideranças aprendam a ter um olhar mais humanizado e empático para perceberem as necessidades de descanso do time. “É importante também que as empresas enxerguem o seu papel de criar mecanismos para fazer com que o funcionário se desligue do trabalho fora do horário de expediente e em período festivos. Uma liderança conectada enxerga a demanda desses momentos de pausa, que são primordiais para a saúde mental e para a produtividade do colaborador.”, comenta a CEO.

Por isso, é importante aproveitar não só o Carnaval, mas qualquer oportunidade de pausa de forma efetiva. Embora pareça contraditório, as pausas são essenciais para melhorar nosso humor, bem-estar geral, capacidade de desempenho e é essencial para a saúde mental. Em culturas organizacionais saudáveis, espera-se que o colaborador faça intervalos regulares. O tempo livre é encorajado para manter a energia. Desta forma, é necessário que as empresas estejam mais atentas às necessidades dessas “paradinhas” pois o impacto do esgotamento aparece na qualidade de entrega, na velocidade de resolução de problemas, na capacidade de inovação, e, consequentemente nos resultados dos negócios.

Total
0
Shares
Prev
Fraude no Pix: 4 mecanismos de segurança que podem ser adotados pelas empresas
Marcelo Peixoto, CEO da Minds Digital / Foto: Phillip Zelante / Divulgação

Fraude no Pix: 4 mecanismos de segurança que podem ser adotados pelas empresas

Entre as opções disponíveis no mercado, a biometria de voz identifica

Next
Boticário revela como ajuda no cuidado da saúde mental de colaboradores
Tatiana Pimenta (CEO) e Everton Höpner (COO), fundadores da Vittude / Foto: Paulo Liebert / Divulgação

Boticário revela como ajuda no cuidado da saúde mental de colaboradores

Trabalho em conjunto realizado com a healthtech Vittude é exemplo de dedicação e

Veja também