Porto registra lucro líquido de R$ 621,1 milhões no terceiro trimestre

Porto abre inscrições para o primeiro Programa de Estágio de 2024 / Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

No acumulado do ano da Companhia, o lucro líquido recorrente fechou em R$ 1,62 bilhão, aumento de 180,3% se comparado com o período anterior; o resultado aponta ainda uma base de 15,8 milhões de consumidores

Em mais um balanço com resultados expressivos divulgado ao mercado nesta quinta-feira (9/11), a Porto apresentou indicadores positivos em todas as suas verticais de negócios: Porto Seguro, Porto Saúde e Porto Bank. Entre julho e setembro de 2023, a Companhia registrou lucro líquido recorrente de R$ 621,1 milhões, um crescimento de 127,7% comparado ao mesmo período do ano passado. No acumulado dos primeiros nove meses, o lucro líquido recorrente foi de R$ 1,62 bilhão, aumento de 180,3% frente ao mesmo intervalo de 2022.

A expansão em duplo dígito da receita total da Porto no trimestre e no acumulado do ano foi mantida, com crescimento de 13,3% no 3T23 em relação ao 3T22, atingindo a marca de R$ 8,3 bilhões e de 18,8% no 9M23 vs 9M22, alcançando R$ 23,2 bilhões. Já o Retorno sobre o Patrimônio Médio (ROAE) recorrente anualizado foi de 22,1% no 3T23 e de 19,3% no 9M23.

A Companhia registrou a marca de 15,8 milhões de consumidores de seus produtos e serviços no período, com avanço na expansão orgânica dos negócios e incorporação dos clientes da CDF.

O retorno sobre as aplicações financeiras (ex-previdência) geridas pela tesouraria da Companhia foi de R$ 295,2 milhões no 3T23, o que representa uma rentabilidade equivalente a 79% do CDI. No terceiro trimestre, a rentabilidade menor do que o CDI foi explicada principalmente pelo impacto do carrego dos títulos atrelados à inflação, enquanto as alocações em títulos de crédito privado contribuíram positivamente. Em relação ao mesmo período do ano passado, o resultado financeiro aumentou 28,8%, atingindo R$ 187,2 milhões.

O índice de eficiência operacional recorrente, que leva em consideração a soma das Despesas Administrativas em relação a Receita Total, melhorou 1,4 p.p (vs. 3T22), decorrente dos ganhos de produtividade observados no período.

Na Porto Seguro, vertical que responde pelos produtos de seguros, os prêmios trimestrais cresceram 8,6% (vs. 3T22) e os prêmios acumulados avançaram 15,1% (vs. 9M22). No Auto, os prêmios do 3T23 aumentaram 7,3%, com incremento de mais de 200 mil veículos na frota (vs. 3T22), que atingiu 5,9 milhões de carros segurados (+3,7% vs. 3T22) ao final do período. Os prêmios dos seguros Patrimoniais expandiram 16,4%, explicado principalmente pelo forte crescimento dos seguros Residenciais, (+25,6% vs. 3T22), beneficiado pela aceleração das vendas no canal bancário, e pela manutenção do alto crescimento dos seguros Empresariais (+20,2% vs. 3T22). O seguro de Vida registrou aumento de 12,2% no período (vs. 3T22), alavancado em maior parte pela expansão dos seguros de Vida Individual e Viagem.

A vertical encerrou o trimestre com 13,7 milhões de itens/vidas vigentes, com destaque para o incremento de 610 mil clientes no seguro de vida e de mais de 200 mil veículos segurados no período.

O Índice Combinado da Vertical Seguros melhorou significativamente, atingindo 84,0% (-12,6 p.p. vs. 3T22), explicado principalmente pela redução na sinistralidade do Auto, decorrente do aprimoramento na subscrição de riscos, aumento no controle de sinistros, recomposição tarifária e evolução mais favorável no preço dos carros exemplificado pela redução no valor de tabela FIPE, diminuindo a pressão sobre os custos dos sinistros.

A Porto Saúde teve um aumento consistente de 38,5% nas receitas em relação ao terceiro trimestre do ano anterior, chegando a R$ 1,2 bilhão. O lucro líquido foi de R$ 37,5 milhões, número recorde para o período, e o acumulado do 9M23 alcançou a marca de R$ 133,9 milhões, com ROAE de 24.1%. A vertical chegou a 510 mil beneficiários pelo país (+23,5% vs 3T22), no 12º trimestre consecutivo de crescimento em vidas. O aumento foi de 97 mil vidas em relação ao 3T22 e 48 mil vidas em relação ao trimestre imediatamente anterior, sendo o maior crescimento percentual de vidas no seguro saúde na série histórica recente.

A sinistralidade do 3º trimestre entre o combinado seguro Saúde e Odonto foi de 80,3%, uma melhora de 8,1 p.p quando comparado ao mesmo período do ano anterior e de 2,3 p.p em relação ao 2T23. O resultado é consequência das iniciativas de adequação tarifária, ações para redução de fraudes e melhoria na subscrição de riscos aplicados pela vertical. Com uma sinistralidade em torno de 80%, a Porto Saúde retornou a patamares muito semelhantes a níveis pré-pandemia mais rápido do que a média de mercado.

No Porto Bank, vertical de negócios financeiros, as receitas totais superaram R$ 1,2 bilhão, o que representa uma alta de 12,7% em relação ao 3T22, com ênfase para o crescimento de 23,5% nas receitas de Consórcio e para o incremento de 111 mil negócios na Vertical (vs. 3T22). O foco na gestão de risco e melhor qualidade da carteira de crédito continuam sendo pilares para o crescimento sustentável. Em relação às operações de crédito, a inadimplência acima de 90 dias encerrou em 7,4%, reduzindo 0,1 p.p v.s. 3T22 e abaixo da média de mercado.

Em Outros Negócios, as receitas atingiram R$ 197,6 milhões no trimestre (+33,6% vs. 3T22). A companhia segue com a agenda de integração da CDF, com o objetivo de maximizar as sinergias de custo da operação e de começar a se beneficiar do ecossistema da Porto para alavancar os negócios.

Cabe destacar ainda que a Porto foi reconhecida como a marca mais lembrada pelos brasileiros, na categoria seguros no prêmio Folha Top of Mind. Também foi eleita, pelo segundo ano consecutivo, uma das dez melhores empresas para trabalhar pelo ranking do GTPW – Great Place to Work, na categoria de maiores empresas. As conquistas reforçam a essência da companhia de ser cada vez mais um porto seguro para as pessoas e seus sonhos. 

Principais destaques (3T23 em comparação com 3T22):

  • Receita Total: R$ 8.321,3 mi (+13,3%)
  • Receita Porto Seguro: R$ 5.571,6 mi (+8,6%)
  • Receita Porto Saúde: R$ 1.219,9 mi (+38,5%)
  • Receita Porto Bank: R$ 1.246,3 mi (+12,7%)
  • Lucro Líquido: R$ 621,1 mi (+127,7%)
Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior
Maranhão recebe encontro de corretores e securitários
Ronaldo Dalcin, presidente do Sindsegnne / Foto: Divulgação

Maranhão recebe encontro de corretores e securitários

Evento promovido pelo Sindsegnne acontece no Centro Empresarial Pátio Jardins,

Próximo
B3 divulga resultados financeiros do terceiro trimestre de 2023
Foto: Divulgação/ B3

B3 divulga resultados financeiros do terceiro trimestre de 2023

Mercado à vista de ações registrou queda, influenciado pelo cenário externo,

Veja também