Projeto prevê subsídio na conta de luz para família de baixa renda com autista

Wesley Amaral/Câmara dos Deputados
Deputado Celso Sabino fala ao microfone
O autor da proposta, deputado Celso Sabino

O Projeto de Lei 189/23 permite o enquadramento na Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE) de famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) com renda até três salários mínimos que possuam um membro com Transtorno do Espectro Autista (TEA). A proposta tramita na Câmara dos Deputados.

Apresentado pelo deputado Celso Sabino (União-PA), o projeto altera a Lei 12.212/10, que instituiu a TSEE.

“Trata-se de medida imprescindível, haja vista que muitas famílias que têm uma pessoa acometida com o TEA são forçadas a realizar a estimulação ou treino de habilidades desse indivíduo em casa”, disse Sabino.

A tarifa social concede um desconto automático na conta de luz para os seus beneficiários – idosos de baixa renda, e famílias inscritas no CadÚnico ou com pessoas com deficiência que utilizam aparelhos médicos de uso continuado.

Tramitação
A proposta será despachada para análise pelas comissões permanentes da Câmara.

Artigo Original: Agência Câmara Notícias

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior
A polêmica da Taxa Selic no Governo Lula

A polêmica da Taxa Selic no Governo Lula

O Banco Central passa por conflitos com o presidente Lula

Próximo
Busca por cotação de seguro auto cresce em fevereiro
Busca por cotação de seguro auto cresce em fevereiro / Foto: Firmbee.com / Pexels

Busca por cotação de seguro auto cresce em fevereiro

Seguro auto desperta interesse do consumidor e Arley Boullosa (fundador da

Veja também