Reajuste de preço anual de planos de saúde levam clientes a buscarem por opções mais acessíveis

Reajuste de preço anual de planos de saúde levam clientes a buscarem por opções mais acessíveis / Foto: Thirdman / Pexels
Foto: Thirdman / Pexels

Beneficiários migram para healthtechs em busca de economia e qualidade no atendimento, aponta pesquisa da Leve Saúde

Com o reajuste anual de preços aplicado pelas seguradoras tradicionais nos primeiros meses do ano, é comum que os beneficiários procurem por opções de planos de saúde mais acessíveis. Para superar o aumento de custo, os clientes têm encontrado nas healthtechs uma alternativa mais econômica, e que oferecem também soluções modernas e com atendimento de qualidade.

Segundo um levantamento realizado pela Leve Saúde, primeira operadora healthtech do Rio de Janeiro, com os usuários da rede Leve On, 73% dos beneficiários consideraram o custo como fator decisivo na adesão a planos de saúde em 2022. “Os dados desta pesquisa nos ajudaram a entender melhor a realidade da população da Região Metropolitana do Rio de Janeiro, onde 71% dos entrevistados acima de 51 anos já tiveram algum outro plano de saúde e migraram para o Leve On, que foi pensado para atender quem busca praticidade, atendimento digital para acompanhamento da saúde e uma boa rede credenciada”, comenta Claudio Borges, CMO e Diretor Comercial da Leve Saúde. “A tendência é que estes números continuem em ascensão, já que esperamos chegar a 35 mil beneficiários em 2023”.

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) determinou a taxa de 15,5% como limite máximo para o reajuste no valor de planos de saúde individuais e familiares, até abril de 2023. Esse foi o maior teto já aplicado pelo órgão regulador, que em 2021 havia estipulado uma taxa de 8,17%. Com este crescimento percentual do limite imposto pela ANS, é esperado que os planos tradicionais sofram com aumento significativo de preço.

“A Leve Saúde oferece planos que são cerca de 20% a 60% mais baratos que a média dos planos tradicionais. Trabalhamos com foco em atender a demanda existente por planos de saúde mais baratos e que ofereçam uma rede qualificada. Nosso modelo contribui não só para o bolso das pessoas, como faz a diferença na vida daqueles que precisam de um acesso facilitado a atendimento médico e cuidado com a saúde. Oferecer alternativas mais econômicas é parte da missão da Leve Saúde em democratizar o acesso à saúde”, complementa o CMO e Diretor Comercial da Leve Saúde.

Total
0
Shares
Prev
Mais de 100 mil demandas judiciais sobre planos de saúde são coletadas e analisadas em pesquisa da FGV Direito SP
Mais de 100 mil demandas judiciais sobre planos de saúde são coletadas e analisadas em pesquisa da FGV Direito SP / Foto: Canva Studio / Pexels

Mais de 100 mil demandas judiciais sobre planos de saúde são coletadas e analisadas em pesquisa da FGV Direito SP

Resultados podem contribuir para uma melhor compreensão acerca das decisões

Next
Camara-e.net consolida nos Comitês de Open Banking e Open Insurance debates sobre as próximas fases do Open Finance no Brasil
Camara-e.net consolida nos Comitês de Open Banking e Open Insurance debates sobre as próximas fases do Open Finance no Brasil / Foto: Rodolfo Clix / Pexels

Camara-e.net consolida nos Comitês de Open Banking e Open Insurance debates sobre as próximas fases do Open Finance no Brasil

Veja também