Recorde em 2022: consórcios fecham o ano com grande crescimento

Recorde em 2022: consórcios fecham o ano com grande crescimento / Foto: PhotoMIX Company / Pexels
Foto: PhotoMIX Company / Pexels

Modalidade pode ser vantajosa para alavancagem patrimonial e segurança financeira, diz especialista

O sistema de consórcios é o novo “queridinho” do Brasil. Isso é o que revela um levantamento da Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios, que sinalizou 3,93 milhões de novas contas no acumulado de vendas entre janeiro e dezembro. E não para por aí: o número representou um crescimento de quase 14% sobre as 3,46 milhões de adesões em 2021 e o total de consorciados atingiu 9,42 milhões de participantes, índice recorde e crescente mês a mês em 2022.

E não poderia ser diferente, levando em conta que o consórcio é uma forma de autofinanciamento genuinamente brasileira, usada por milhões de pessoas para adquirir um bem, como automóveis, motocicletas e até mesmo, imóveis. Nessa modalidade de investimento, a administradora do consórcio reúne um grupo de pessoas que têm o objetivo comum de adquirir um bem e elas guardam dinheiro juntas todos os meses. A cada mês, o valor das parcelas pagas por todos os participantes do grupo é usado para que pelo menos um deles faça a aquisição, até que todos tenham sido contemplados, ou seja, cada integrante paga uma fração do bem e o sorteado recebe uma carta de crédito no valor definido no começo do consórcio e pode usar para a compra. 

“De acordo com um levantamento feito pela Abrainc, 31% dos brasileiros pretendem comprar imóveis nos próximos anos. Se você é um desses e pretende comprar para morar e tem tempo para se planejar ou pretende começar a investir para locação, o consórcio pode ser uma ótima opção”, explica João Torre, especialista e influenciador de consórcios no Brasil e fundador da S&I Investimentos. “Fazendo um consórcio hoje com a possibilidade da meia parcela, esse benefício te ajuda durante o momento que ainda está pagando aluguel ou para se descapitalizar o mínimo possível e tornar seu investimento mais rentável. Depois de contemplado, você tem o poder de compra à vista que permite barganhar por imóveis de valores mais altos tentando um bom desconto. Assim, você sai do aluguel e continua pagando o consórcio de um imóvel que é seu, construindo patrimônio que vai se valorizar com o tempo”, completa.

E como iniciar no mercado de consórcios em 2023?

João Torre dá a letra com algumas dicas primordiais, confira:

  1. Pesquise o que deseja comprar e compare preços;
  2. Estude sobre os consórcios e entenda como o mercado funciona;
  3. Organize-se para dar o lance e mantenha sua saúde financeira em dia e planejada;
  4. Confie no processo do consórcio até ser contemplado, afinal, você estudou bastante e entendeu todos os ônus e bônus;
  5. Faça um bom negócio na hora de usar a carta de crédito. “O consórcio não é para quem tem uma necessidade imediata, mas sim para quem pode se planejar. Quem se planeja, paga mais barato e investe melhor”, finaliza Torre.
Total
0
Shares
Prev
AXA no Brasil leva 440 colaboradores para passeio na Roda Rico
AXA no Brasil leva 440 colaboradores para passeio na Roda Rico / Foto: Divulgação

AXA no Brasil leva 440 colaboradores para passeio na Roda Rico

Ação acontece durante programação de encontro anual, que conta com a presença do

Next
Número de profissionais autônomos cresce e aquece demanda de seguros
Amanda Nespatti, co-founder e head de Clientes, Parcerias e Marketing da IZA / Foto: Divulgação

Número de profissionais autônomos cresce e aquece demanda de seguros

IZA Seguradora oferece proteção financeira de fácil aquisição e utilização

Veja também