Rodrigo Rosa promove live sobre perspectivas do Seguro de Vida em 2023 com participação de referências do mercado

Transmissão acontece a partir das 20h, através do YouTube

Nesta quinta-feira, 26 de janeiro, o digital influencer Rodrigo Rosa promove live onde apresentará as perspectivas para o Seguro de Vida em 2023 com a presença de executivos que são grandes referências no mercado segurador brasileiro.

Sidnei Calligaris (Prudential), Marcio Batistuti (MAG), Gustavo Toledo (MetLife), Bernardo Ribeiro (Azos), Marcos Kobayashi (Tokio Marine), Jonson Souza (MAPFRE), Renato Gomes (Icatu), José Florippes Jr. (Omint) e Luiz Sampaio (Stoa) estão entre os nomes que participarão da iniciativa.

“Nesta quinta (26), estarei recebendo os principais nomes do mercado de seguro de vida para tratarmos sobre o que esperar deste ano para o nosso mercado e como podemos ajudar mais os profissionais a se desenvolverem e venderem mais apólices todos os dias”, comenta Rodrigo Rosa.

O mercado de seguros de vida no Brasil é um dos maiores do mundo, com um valor de prêmios emitidos de cerca de R$ 75 bilhões em 2019. Este segmento é importante para os corretores de seguros, pois é responsável por grande parte das vendas de seguros no país. Além disso, os corretores de seguros de vida geralmente oferecem uma gama maior de opções e soluções personalizadas para atender às necessidades dos clientes, o que pode resultar em comissões mais altas.

Total
0
Shares
Prev
NRF Retail’s Big Show: as tendências ditadas no maior evento de varejo do mundo
NRF Retail’s Big Show: as tendências ditadas no maior evento de varejo do mundo / Foto: Lil Artsy / Pexels

NRF Retail’s Big Show: as tendências ditadas no maior evento de varejo do mundo

Gustavo Pisani, Diretor de Estratégia Digital do Varejo na FCamara, compartilha

Next
Perfis de investidores e seus maiores erros
Fabio Louzada, economista, analista CNPI e fundador da Eu me banco / Divulgação

Perfis de investidores e seus maiores erros

Fabio Louzada, economista, analista CNPI e fundador da Eu me banco, comenta

Veja também