Serviço pioneiro da Serasa possibilita que as contas do mês, como água e luz, sejam pagas no seu aplicativo

Foto: Tracy Le Blanc/ Pexels
Foto: Tracy Le Blanc/ Pexels

Central de Pagamentos vai ajudar usuário a evitar a inadimplência

Para contribuir com a organização financeira das famílias e evitar a inadimplência desde a sua origem, a Serasa está lançando o serviço Minhas Contas, uma central de pagamentos que permitirá ao consumidor visualizar todas suas contas do mês, incluindo as de consumo básico, como água, luz e gás e ter acesso ao boleto de pagamento, que poderá ser pago no banco ou lotérica de preferência do usuário, ou através do próprio aplicativo Serasa.

O serviço pioneiro está disponível no aplicativo e pode ser acessado por meio da conta de cadastro que o consumidor já utiliza para verificar seus acordos, ofertas de dívidas, pontuação de score e inúmeras outras funcionalidades.

Além de contribuir para organização financeira, e facilitar o acesso à maioria das contas básicas em um único lugar, a Serasa visa também combater fraudes, contribuindo para que o risco de pagar um boleto falso diminui.

Nesse momento, o serviço está disponível em alguns Estados, mas será disponibilizado nas próximas semanas para todos os brasileiros, abrangendo grande parte das empresas de serviços básicos no país.

Tecnologia da Flexpag

Para viabilizar esse “SuperApp de Pagamentos” e oferecer um completo ecossistema de soluções financeiras, a Serasa Experian está incorporando a empresa Flexpag ao seu portfólio. A tecnologia desenvolvida pela Flexpag e a sinergia que a empresa estabeleceu com companhias responsáveis por contas básicas darão agilidade à ampliação dos serviços que hoje a Serasa já oferece.

Além de poder pagar suas dívidas com descontos e de maneira fácil, solicitar crédito e proteger seu nome, agora os consumidores podem pagar suas contas básicas no ambiente seguro do app da Serasa.

“O Minhas Contas representa um de nossos mais importantes movimentos para tornar o aplicativo da Serasa uma central de serviços financeiros completos para o brasileiro”, explica Pedro Dias Lopes, vice-presidente de Experian Consumer Service (ECS). “Desde todas as contas, até débitos veiculares, acordos de renegociação de dívidas e outras funções. Tudo em um único lugar para ajudar o controle financeiro do brasileiro”.

Como funciona

Após ativar a ferramenta, o consumidor conseguirá visualizar todas as contas que tem a pagar no mês, por ordem de data de vencimento. Além disso, o app avisará quando um boleto novo chegar ou estiver próximo do vencimento e caso esteja em atraso.

Todas essas contas poderão ser selecionadas de uma vez e o consumidor tem a facilidade de reuni-las em um único boleto ou Pix. Caso opte por essa ação, ou pagá-las individualmente. “A vantagem de pagar de uma vez é inédita no mercado, traz praticidade, além do consumidor ter a garantia de que está em um ambiente seguro e livre de golpes”, destaca Roberto Filho, Gerente de Produtos da Serasa.

Organização financeira

O Minhas Contas é gratuito e nasceu da preocupação com a saúde econômica das famílias brasileiras, a fim de ajudar milhões de brasileiros na organização financeira, no controle mensal das contas e evitar que fiquem inadimplentes. “Sem filas, o serviço facilita o acesso às contas para que eventuais atrasos não gerem acréscimo de juros e negativação dos consumidores”, explica Roberto Filho.

Além de contas de serviço, como água, luz e gás, também estarão disponíveis boletos de qualquer natureza emitido em nome da pessoa, como compras pela internet por exemplo. Para viabilizar essa funcionalidade será utilizada a modalidade de DDA (Débito Direto Autorizado), cujo aceite deve ser realizado pelo próprio consumidor.

O monitoramento dos boletos referentes às contas de consumo básicas, que também precisam de aceite, será disponibilizado de forma faseada para os consumidores, sendo os Estados do Rio de Janeiro, Bahia, Espírito Santo, a cidade de Brasília e mais 28 municípios do Interior de São Paulo os primeiros a poder utilizar o serviço.

Passo a Passo para acessar a ferramenta:

1º Passo – Baixe o aplicativo da Serasa no Google Play ou App Store. Faça login com seu CPF e senha. Caso não possua cadastro, basta criar na hora de forma gratuita.

2º Passo – Clique em “Adicionar Saldo” ou “Pagar Contas” na home do aplicativo.

Serviço pioneiro da Serasa possibilita que as contas do mês, como água e luz, sejam pagas no seu aplicativo/ Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

3º Passo – Clique em Minhas Contas que aparecerá nas opções da Carteira Digital:

Serviço pioneiro da Serasa possibilita que as contas do mês, como água e luz, sejam pagas no seu aplicativo/ Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

4º Passo – Ative a função e concorde com os termos:

Serviço pioneiro da Serasa possibilita que as contas do mês, como água e luz, sejam pagas no seu aplicativo/ Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

5º Passo – Pronto! Os boletos encontrados aparecerão na tela em até 24 horas uteis.

Serviço pioneiro da Serasa possibilita que as contas do mês, como água e luz, sejam pagas no seu aplicativo/ Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Na Carteira Digital da Serasa, será possível pagar boletos e recarregar o celular com praticidade e segurança. Sem taxa de manutenção, o serviço também proporciona a consulta e o pagamento de débitos veiculares sem sair de casa.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior
12 ações preventivas que os moradores podem adotar para ter mais segurança em condomínios com alto fluxo de pessoas
12 ações preventivas que os moradores podem adotar para ter mais segurança em condomínios com alto fluxo de pessoas / Foto: Divulgação

12 ações preventivas que os moradores podem adotar para ter mais segurança em condomínios com alto fluxo de pessoas

Porter Group, plataforma pioneira de portaria remota, gestão de acesso e

Próximo
Saiba como funciona o novo golpe do Pix
Saiba como funciona o novo golpe do Pix / Foto: Anete Lusina / Pexels

Saiba como funciona o novo golpe do Pix

Francisco Gomes Junior, advogado especialista em direito digital, explica como

Veja também